PRISÃO

Suspeito de ser o mandante da morte de advogados em Goiânia é preso

Os advogados Marcus Aprigio Chaves e Frank Alessandro Carvalhaes foram mortos a tiros no dia 28 de outubro, em seu escritório em Goiânia


Ton Paulo
Do Mais Goiás | Em: 17/11/2020 às 17:44:29

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O suspeito de encomendar a morte dos advogados Marcus Aprigio Chaves, de 41 anos, e Frank Alessandro Carvalhaes de Assis, de 47, em Goiânia, foi preso hoje, no município goiano de Catalão. Conforme apurado pelo Mais Goiás, o homem teria contratado os matadores após perder uma ação de reintegração de posse conduzida por Marcus Aprigio.

O crime ocorreu no dia 28 de outubro, no escritório dos advogados localizado no Setor Aeroporto, em Goiânia. Conforme a Polícia Civil, Pedro Henrique e Jaberson Gomes, de 24 anos, foram 100% confirmados como sendo os autores do duplo homicídio.

Ainda segundo a polícia, Jaberson entrou em confronto com a Polícia Militar do Tocantins e acabou vindo a óbito, enquanto Pedro Henrique foi preso, com auxílio das polícias Civil e Militar daquele estado.

No entanto, a dupla teria sido contratada por um homem que, insatisfeito por ter perdido uma ação de natureza de Reintegração de Posse, que tramitou na Comarcar de São Domingos, encomendou a morte dos advogados.

Segundo a Polícia Civil, o mandado de prisão cautelar foi cumprido pelos policiais civis da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH) e pelo Grupo de Repressão a Narcóticos (Genarc) de Catalão.

A Polícia Civil informou que, assim, finaliza as investigações do duplo homicídio.