Do Mais Goiás

Suspeito de roubar R$ 30 mil em videogames PlayStation é preso em Goiânia

Durante o crime os donos do comércio foram amarrados

prisão preventiva Suspeito de roubar mais de R$30 mil em PlayStation é preso em Goiânia
Jeane Junior Ribeiro Rodrigues é suspeito de roubar a mão armada, com a ajuda de um comparsa, mais de R$30 mil em aparelhos de vídeo-games PlayStation 4 (Foto: Divulgação / PC)

A Polícia Civil cumpriu um mandado de prisão preventiva por roubo contra um jovem de 21 anos, em Goiânia. Jeane Junior Ribeiro Rodrigues é suspeito de roubar a mão armada, com a ajuda de um comparsa, mais de R$ 30 mil em aparelhos de videogames PlayStation 4.

O crime aconteceu na manhã do dia 19 de janeiro deste ano, em uma loja especializada do setor Pedro Ludovico, na capital. Durante a ação, os dois homens amarraram os donos do comércio e roubaram diversos aparelhos. Câmeras de segurança registraram o momento em que, depois do crime, os dois homens vão embora andando.

Suspeito de roubar mais de R$30 mil em PlayStation é preso em Goiânia

Câmeras de segurança registram o momento em que depois do crime, os dois homens vão embora andando (Foto: Divulgação / PC)

Segundo a Polícia Civil, todos os aparelhos roubados foram revendidos. Tanto os videogames, como o ajudante do crime, ainda não foram localizados. “Ele [Jeane], fica calado, não diz nada sobre. Mas, estamos trabalhando para identificar o comparsa o mais rápido possível”, afirmou o delegado do caso, Breynner Cursino.

O delegado explica ainda que o crime possui vários agravantes, que devem elevar a pena dos suspeitos a mais de 20 anos de prisão. “O primeiro agravante, mais grave, ele fazia uso de arma de fogo, apenas com isso a pena dele sai de 10 para 16 anos, por exemplo”, explica Cursino.

O segundo agravante, continua o delegado “é ele ter cometido o crime com o comparsa, que configura concurso de pessoas, o que eleva a pena a mais um terço. Além de restringir a liberdade das vítimas, por ter amarrado elas”, detalha. A arma do crime também não foi apreendida.

Histórico

Apesar de ter apenas 21 anos, Jeane Ribeiro soma um longo histórico criminal, segundo a Polícia. O rapaz tem passagens por roubo, tráfico de drogas, resistência a prisão.

**A divulgação do nome e fotos de Jeane foram permitidas pela Polícia Civil com a justificativa de que o jovem é suspeito de ter praticado outros crimes da mesma natureza. Normalmente, os suspeitos não podem ter nomes e imagens divulgadas até serem julgados culpados, conforme a lei Nº 13. 869.