Larissa Feitosa
Do Mais Goiás

Suspeito de liderar facção que executava rivais morre em confronto com a polícia

Crimes eram planejados para prática em Senador Canedo

A Polícia Civil prendeu em flagrante, na noite desta terça-feira (30), dois homens, sendo um deles menor de idade, suspeitos de fazerem parte de uma facção criminosa que planejava a execução de rivais, na cidade de Senador Canedo. O suposto líder do grupo fugiu, mas acabou morrendo em confronto com os policiais em seguida.

De acordo com o delegado Samuel Moura, responsável pelo caso, a facção teria atuação em todo o Brasil. Na noite desta terça, dois dos integrantes teriam saído de Goiânia a fim de assassinar alguns desafetos na cidade vizinha. O veículo usado havia sido roubado na capital neste mês, segundo Samuel.

Com os dois suspeitos, foram apreendias três revólveres de calibre 38, além do veículo roubado (Foto: Divulgação/PC)

Os dois primeiros suspeitos foram abordados durante uma ação conjunta da Polícia Militar e da delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA). Com os dois suspeitos, foram apreendidos três revólveres de calibre 38, além do veículo roubado.

Mesmo com a prisão dos dois homens as investigações continuaram durante a madrugada em busca de um terceiro homem, tido como líder do grupo, que teria escapado da abordagem.

O suposto líder foi localizado em um imóvel em Goiânia, localizado no bairro Jardim do Cerrado. Segundo o delegado, o local era usado como abrigo e planejamento de ações. As agentes tentaram a abordagem. Contudo, o suspeito reagiu e entrou em confronto com os policiais.

O suposto líder foi localizado em um imóvel em Goiânia, localizado no bairro Jardim do Cerrado (Foto: Divulgação/PC)

Após as agressões, o homem recebeu os primeiros socorros, mas acabou falecendo. Com ele, foi apreendida outra arma calibre 38 e aproximadamente 5 quilos de maconha e crack e balanças de precisão.