Do Mais Goiás

Suspeito de estuprar adolescente é morto minutos após o crime em Goiânia

Durante abuso, vítima conseguiu fugir e pedir ajuda. Minutos depois, disparos foram ouvidos e o suspeito foi encontrado morto na rua

Um homem de 43 anos foi morto com tiro no abdômen, na noite de sábado (16), em uma rua do Residencial Cidade Verde, em Goiânia. De acordo com a Polícia Civil (PC), a suspeita é de que a vítima de homicídio tenha estuprado uma adolescente de 17 anos minutos antes de ser baleada. O caso é investigado pela Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH).

De acordo com a ocorrência registrada na PC, uma adolescente saiu da casa do namorado a pé, após uma discussão. Enquanto caminhava chorando rumo à sua casa, a adolescente aceitou carona de um motociclista que se ofereceu para conduzi-la. O abuso ocorreu quando, durante o trajeto, o homem parou o veículo e mandou que a garota se despisse.

A moça, porém, conseguiu empurrar a moto do suspeito e correu para sua casa, onde pediu ajuda. Depois de denunciar o crime, o suspeito, Rogério Alves Rosa, foi encontrado morto com um tiro no abdômen, caído ao lado de sua motocicleta. A vítima de abuso, questionada sobre o homicídio, afirmou não saber quem teria cometido o assassinato.

Uma testemunha relatou aos policiais que ouviu disparos enquanto pedia ajuda para a adolescente. O local foi isolado pela PM, até a conclusão da perícia e a remoção do corpo, que foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Goiânia. A adolescente também foi levada para o IML para a realização do exame de corpo de delito. O caso é investigado pela Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH) que ouvirá testemunhas para elucidar o caso.