SÃO SIMÃO

Suspeito de assalto usava máscara contra coronavírus para se esconder

Aquicel Nunes aproveitou a pandemia para entrar nos lugares com um boné e uma máscara cirúrgica para esconder o rosto


Laylla Alves
Do Mais Goiás | Em: 07/05/2020 às 15:41:57

(Foto: Reprodução PC)
(Foto: Reprodução PC)

A Polícia Civil prendeu Aquicel Nunes Dreges por suspeita de assalto a estabelecimentos comerciais no município de Chapadão do Céu, nesta terça-feira. Policiais afirmam que Aquicel abordou as vítimas utilizando, além de boné, uma máscara cirúrgica destinada a proteção contra o coronavírus que ajudou-lhe a esconder o rosto inteiro.

De acordo com a Polícia Civil (PC), o suspeito vinha sendo investigado por assaltar o Hotel Paranaíba, no dia 7 de abril, e a Drogaria São Simão, no dia 8 de abril. Ambos estabelecimentos funcionam no município de São Simão.

Após se aproximar, rendia as vítimas com um revólver e subtraía os valores dos caixas dos estabelecimentos. Logo após os assaltos em São Simão, o suspeito fugiu para Costa Rica, no Mato Grosso do Sul e em seguida foi para Chapadão do Céu, em Goiás onde foi localizado pela Polícia Militar (PM) e preso.

Segundo a PC, divulgação da imagem do suspeito foi determinada pela autoridade policial nos autos de inquérito policial, para contribuir com a apuração de outros assaltos cometidos na mesma época, na cidade de São Simão.

A Polícia Civil solicita que as vítimas entrem em contato com a Delegacia de São Simão, através do telefone: (64) 3658-1746, para fazer denúncia.

*Laylla Alves é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Hugo Oliveira