CASO DANILO

Suspeito de ajudar a matar Danilo entrega arma utilizada no crime; vídeo

Hian levou policiais até construção em que trabalhava para indicar onde estava madeira utilizada na morte do garoto


Eduardo Pinheiro
Do Mais Goiás | Em: 03/08/2020 às 11:23:56

O Ministério Público ofereceu denúncia contra o servente de pedreiro Hian Alves pela morte do menino Danilo e pediu a soltura de Reginaldo Lima. (Foto: PC/ Reprodução)
O Ministério Público ofereceu denúncia contra o servente de pedreiro Hian Alves pela morte do menino Danilo e pediu a soltura de Reginaldo Lima. (Foto: PC/ Reprodução)

Hian Alves, de 18 anos, indicou à Polícia Civil na manhã desta segunda-feira (3) o local onde estava escondido o pedaço de madeira utilizado para matar o garoto Danilo de Sousa Silva, de 7 anos. A arma utilizada no crime estava em uma construção em que trabalhava, no Parque Santa Rita.

Em vídeo, divulgado pela Polícia Civil, Hian aparece vestido com uniforme de detento da Delegacia de Capturas. Ele, conduzido por policiais, atravessa a construção e indica onde estava o objeto. A construção fica nos fundos da casa do pastor com quem ele morava.

Hian e o padastro de Danilo, Reginaldo Lima, de 33 anos, foram presos na última sexta-feira (31) em Goiânia. Eles estão detidos na carceragem da Delegacia de Capturas. Hian confessou participação.

No domingo (2), a Justiça converteu a prisão em flagrante de Hian e Reginaldo em prisão preventiva.

O crime

Danilo foi encontrado morto no dia 27 de julho de bruços em lamaçal no Parque Santa Rita, após ficar quase uma semana desaparecido. Hian confessou ter ajudado a matar o garoto em troca de uma moto, prometida pelo padastro.