Do Mais Goiás

Suspeito de abater gado furtado, vendia carne no próprio açougue

No local foram encontrados couros e carnes de sete bovinos abatidos, armazenados de maneira imprópria e sem os padrões de higiene adequados

Suspeito de abater de forma ilegal gado furtado vendia carne em açougue próprio (Foto: Divulgação/CPE)

Uma ação integrada do Batalhão Rural e do Comando de Policiamento Especializado (CPE), nesta terça-feira (16), resultou no fechamento de um abate clandestino de gado, em uma propriedade rural de Inhumas. O dono é suspeito de furtar os animais e vender a carne em um açougue que ele tinha na cidade.

Segundo os militares, o homem foi preso em flagrante durante a operação. No local, foram encontrados couros e carnes de sete bovinos abatidos, que eram armazenados de maneira imprópria e sem os padrões de higiene adequados.

Em imagens é possível ver muitas moscas nas carnes. Uma das suspeitas é de que os animais abatidos foram adquiridos por meio de crimes de furto e roubo, na região. Duas espingardas também foram apreendidas na fazenda.

Os militares descobriram que o suspeito vendia as carnes ilegalmente, em um açougue que ele tinha, no município.

A Agrodefesa esteve no local e recolheu os produtos para descarte em aterro sanitário.

A Agrodefesa esteve no local e recolheu os produtos para descarte em aterro sanitário.

A Agrodefesa esteve no local e recolheu os produtos para descarte em aterro sanitário. Já o suspeito, que possui registro criminal por tráfico de drogas, foi encaminhado à Delegacia e deverá responder pelos crimes contra as relações de consumo e posse irregular de arma de fogo.

No local, foram encontrados couros e carnes de sete bovinos abatidos, que eram armazenados de maneira imprópria (Foto: Divulgação/CPE)

 

Suspeito de abater de forma ilegal gado furtado vendia carne em açougue próprio (Foto: Divulgação/CPE)