Assassinatos em série

Suposto serial killer muda depoimento e reduz para 29 o número de execuções

Em interrogatório acompanhado por equipe de defesa Tiago negou cinco crimes e não quis comentar os demais





//

Em entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira (23/10), o delegado Murilo Polati, titular da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios de Goiânia (DIH), afirmou que o vigilante Tiago Henrique Gomes da Rocha, de 26 anos, voltou atrás em um segundo depoimento e confessou a morte de 29 pessoas desde 2011.

Inicialmente, segundo a Polícia Civil, o jovem tinha assumido a autoria de 39 assassinatos. Mesmo com a redução dos crimes confessados, o delegado informou que vai continuar a investigação dos 39 casos relatados pelo suspeito inicialmente.

Para o delegado, Tiago da Rocha não se arrepende dos crimes que cometeu e reduziu os crimes confessos por orientação da defesa.

Entre os 29 casos mantidos, estão os 15 investigados, inicialmente, por uma força-tarefa da corporação. Ele também reafirmou ser o assassino de duas mulheres, cujos casos não eram apurados pela operação da polícia e que foram incluídos na força-tarefa após a confissão.