Cidades

Supermercado terá que indenizar cliente que escorregou em chão molhado e quebrou o braço

Rede foi condenada a pagar R$ 15 mil à mulher; ela alega que o braço faturado ficou diferente do outro


Fabricio Moretti

Do Mais Goiás | Em: 25/04/2019 às 17:35:23


Mulher escorregou em piso que havia caído amaciante de roupas (Foto: Reprodução)
Mulher escorregou em piso que havia caído amaciante de roupas (Foto: Reprodução)

A rede Makro Atacadistas foi condenada a indenizar, em R$ 15 mil, uma cliente que se acidentou na filial de Aparecida de Goiânia. A mulher escorregou no piso molhado e, por causa da queda, fraturou o braço. A sentença é do juiz Jonir Leal de Sousa, da 1ª Vara Cível da comarca.

O juiz destacou que o acidente aconteceu por falta de cuidado da empresa. “O supermercado não se cercou das cautelas necessárias para evitar acidente com os clientes. A autora foi vítima, sofrendo dores corporais angustiantes e constrangimento público em razão do ferimento”.

Sobre a indenização, o magistrado esclareceu que, embora a empresa tenha ajudado na compra de remédios e transporte ao hospital, não fica isenta da reparação. “As circunstâncias que vivenciou a autora ofenderam seus direitos da personalidade, sua dignidade e integridade física e psíquica. O ato modificou, mesmo que temporariamente, a rotina da autora, retirando seu sossego e bem-estar”.

Por meio de nota, o Makro Atacadista esclareceu que “colaborou com as investigações das autoridades competentes a respeito do incidente” e que “ainda não recebeu a notificação oficial da justiça sobre o processo e reforça que segue zelando pela segurança de seus clientes e funcionários”.

O acidente

No dia 8 de setembro de 2014, enquanto fazia compras no local, a vítima escorregou em um dos corredores. No piso, havia caído amaciante de roupas, mas nenhum dos funcionários colocou sinalização ou algum tipo de placa pedindo atenção para transitar no local.

Além da fratura, a mulher alega ter sofrido também danos estéticos, pois teria ficado com sequelas: o antebraço direito (lesionado) estaria diferente do esquerdo.