H1N1

Superintendente da SMS confirma morte de médico por H1N1

Vírus foi o agente etiológico causador da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) que resultou no óbito do profissional no último domingo (1°)


Hugo Oliveira
Do Mais Goiás | Em: 05/04/2018 às 13:14:46

Morte de médico foi causada pelo vírus H1N1 (Foto: reprodução)
Morte de médico foi causada pelo vírus H1N1 (Foto: reprodução)

A investigação epidemiológica iniciada pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) após a morte do médico pediatra Luiz Sérgio de Aquino Moura (57) já apresenta resultados. Segundo a superintendente de Vigilância em Saúde da SMS, Flúvia Amorim, a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) que acometeu o então paciente foi causada pelo vírus H1N1.

Segundo ela, o resultado foi obtido por meio de exame denominado PCR, preconizado pelo Ministério da Saúde para determinar as causas da síndrome. “Coletamos amostra para detectar. A síndrome pode ser causada por diversos agentes etiológicos. Neste caso, foi vírus H1N1. Em breve a secretaria irá emitir novo boletim atualizando as contaminações pelo vírus na Capital”.

Conforme explica a superintendente, desde a morte do médico, procedimentos alinhados ao protocolo do Ministério da Saúde já estão sendo adotados para evitar que o vírus se propague.

O Mais Goiás aguarda mais informações da SMS sobre o caso.