Do Mais Goiás

Soldado da FAB é morto pela Polícia Militar após fugir de blitz em Anápolis

Guilherme trabalhava na Aeronáutica e estava há dois anos na base aérea da cidade

O soldado da Força Aérea Brasileira (FAB) Guilherme Souza Costa, de 19 anos, foi morto pela Polícia Militar (PM) após fugir de uma blitz em Anápolis
Guilherme Souza Costa, de 19 anos, foi morto pela Polícia Militar (PM) após fugir de uma blitz em Anápolis (Foto: Redes Sociais)

O soldado da Força Aérea Brasileira (FAB) Guilherme Souza Costa, de 19 anos, foi morto pela Polícia Militar (PM) após fugir de uma blitz em Anápolis, a 55 km de Goiânia. Caso aconteceu na noite da última quinta-feira (4).

A PM relatou que o soldado não parou em uma blitz de trânsito e, logo percebeu que os policiais estavam atrás, teria jogado a moto em cima dos carros da polícia, mas foi atingido por disparos feitos pelos agentes.

Ainda segundo a Polícia Militar, a perseguição aconteceu por cerca de 5 km antes de ser feita a primeira tentativa de abordagem. O soldado chegou a ser socorrido e levado para o Hospital de Urgências de Anápolis (Huana), mas a morte foi confirmada pela unidade médica.

Apesar do relato da PM, a família afirma que o jovem não tinha passagem e nenhum envolvimento com o crime.

Em nota, a FAB disse que a arma encontrada com o soldado não pertence à corporação e ainda informou que colabora com as investigações.

Em nota ao Mais Goiás, a Corregedoria da Polícia Militar disse que vai apurar as circunstâncias da ocorrência e que já afastou os três policiais até que sejam concluídas as investigações.

Guilherme foi enterrado com honras militares junto aos amigos e parentes na noite desta sexta-feira (05) em Catalão, onde morou a maior parte da vida, apesar de ser natural de Araguari, em Minas Gerais. O soldado trabalhava na Aeronáutica e estava há dois anos na base aérea de Anápolis.

Assista ao vídeo da homenagem:

 

Motorista é atropelado pelo próprio carro na GO-560, em Anápolis; Leia.