Do Mais Goiás

Soares e Peya caem e decidem vaga com irmãos Bryan

Brasil perde os 100% de aproveitamento na chave de duplas do ATP Finals, torneio disputado em Londres entre as oito melhores parcerias da temporada.

O Brasil perdeu os seus 100% de aproveitamento na chave de duplas do ATP Finals, torneio disputado em Londres entre as oito melhores parcerias da temporada. Marcelo Melo, ao lado do croata Ivan Dodig, já venceu os seus dois primeiras jogos. Bruno Soares com o austríaco Alexander Peya, ganhou na estreia, mas foi derrotado nesta quarta-feira pela segunda rodada do Grupo A.

Cabeças de chave número 3, Soares e Peya entraram em quadra com a missão de ficarem mais perto de uma vaga às semifinais. Mas foram derrotados pela parceira que entrou com a pré-classificação mais baixa do torneio. Cabeças 8, o polonês Lukasz Kubot e o sueco Robert Lindstedt ganharam por 2 sets a 1 – com parciais de 6/4, 3/6 e 10 a 6 no match tie-break, após 1 hora e 25 minutos de jogo.

O resultado já classificou Kubot e Lindstedt às semifinais do ATP Finals por terem duas vitórias e nenhuma derrota. Nesta sexta, eles enfrentarão a dupla formada pelo holandês Jean-Julien Rojer e pelo romeno Horia Tecau, que perderam duas vezes e já estão eliminados, para garantir a primeira colocação da chave.

Já Soares e Peya terá uma dura e ingrata missão para chegarem às semifinais. Na disputa pela segunda vaga do grupo na próxima fase, os rivais serão nada menos que os irmãos gêmeos norte-americanos Mike e Bob Bryan, atuais número 1 do mundo.