Do Mais Goiás

Snapchat: publicação de Rihanna faz ações do aplicativo caírem

Segundo a Bloomberg, as ações do Snapchat caíram 4,5% na Bolsa de Nova York e chegaram a valer US$ 17,5

Mais uma vez, por causa de uma celebridade, as ações do Snapchat caíram. A primeira vez aconteceu quando Kylie Jenner insinuou que ninguém mais usa a rede social. A segunda, após Rihanna criticar uma publicidade do aplicativo que faz referência à violência doméstica sofrida pela cantora em 2009.

Segundo a Bloomberg, as ações do Snapchat caíram 4,5% na Bolsa de Nova York. A queda foi brusca e fez com que ações custassem cerca de US$ 17,5.

Veja o gráfico que mostra a queda das ações do Snapchat na Bolsa de Nova York:

(Reprodução)

 

Nesta quinta-feira (15), Rihanna teve conhecimento de uma publicidade veiculada no Snapchat que perguntava se o usuário escolheria “estapear Rihanna” ou “socar Chris Brown”. Usando o Instagram Stories, a popstar se manifestou.

“Sei bem que vocês sabem que não são o meu aplicativo favorito, mas estou tentando entender o que vocês pretendiam com essa bagunça”, escreveu a cantora.

“Adoraria achar que é só ignorância, mas sei que vocês não são tão burros”, continua o texto. “Vocês gastaram dinheiro fazendo algo que intencionalmente traria vergonha para as vítimas de violência doméstica e transformaram isso em piada”, sublinhou.

O Snapchat se desculpou publicamente em nota à BBC. O texto diz que o anúncio não condiz com as diretrizes publicitárias da rede social e que foi “aprovado por engano”. “Nós imediatamente removemos o anúncio, uma vez que tomamos conhecimento. Lamentamos que isso tenha acontecido”, lê-se.