Em assembleia, servidores da Prefeitura de Goiânia pedem melhores condições de trabalho

Indicativo de greve foi levantado, mas não foi deliberado pelos servidores em decorrência das negociações em trâmite com a prefeitura

Servidores do Sindicato dos Servidores Municipais de Goiânia (Sindigoiânia) se reuniram na manhã dessa quinta-feira (17) em uma assembleia no Paço Municipal de Goiânia. Eles cobram melhores condição de trabalho, pagamento da data-base e outros pontos. Um indicativo de greve foi levantado, mas recusado pelos servidores em decorrência da negociação que ocorre junto à prefeitura.

Segundo o Professor Adão Câmara, que representou a categoria, foras apresentadas propostas aos servidores de possíveis exigências a serem encaminhadas ao Executivo. Dentre elas estão as melhorias nos ambientes de trabalho, pagamento da data-base — que está atrasada desde maio –, titulações, e outras.

Os servidores querem também que a prefeitura volte a manter o pagamento do salário no mês trabalhado, o que, segundo Adão, ocorria há 20 anos. Atualmente, a administração municipal está realizando o pagamento no 5º dia do mês posterior. Conforme o professor, caso não haja acordo com relação aos pontos levantados, existe a possibilidade de deflagração de greve.

O Mais Goiás entrou em contato com a prefeitura, que ficou de enviar uma nota de posicionamento, mas não houve retorno até o fechamento dessa matéria.