Folha de Dezembro

Sindicatos e governo não entram em acordo e assembleia geral é convocada

Reunião sobre os salários de dezembro dos servidores estaduais ocorreu na tarde desta sexta (18) na Secretaria da Fazenda e durou quatro horas


Murillo Soares
Do Mais Goiás | Em: 18/01/2019 às 19:11:16

(Foto: Mais Goiás)
(Foto: Mais Goiás)

O Fórum das Entidades de Servidores Públicos do Estado de Goiás e o Governo Estadual não entraram em acordo sobre o pagamento dos salários de dezembro de 2018. Uma assembleia geral de todas as categorias foi convocada para a próxima segunda-feira (21), às 16h, em frente ao Palácio Pedro Ludovico Teixeira.

A reunião entre sindicatos e Governo ocorreu na tarde desta sexta-feira (18), na Secretaria da Fazenda, e durou quatro horas. Não foi aceita nenhuma das quatro propostas feitas pelas entidades.

“O Governo continuou com a mesma proposta. Nós entendemos que isso não é esforço de negociação”, afirmou a presidente do Sindicato de Trabalhadores em Educação do Estado de Goiás (Sintego), Bia de Lima.

Ernesto Roller, secretário de Governo, disse que eram todas propostas inexequíveis, por isso não foram aceitas. Uma delas era que fosse feito o pagamento da folha de dezembro até o dia 15 de fevereiro e os demais salários fossem pagos na mesma lógica: fevereiro até 15 de março; março até 15 de abril. E assim por diante. Nessa alternativa, o salário de janeiro seria pago no mesmo mês, conforme já havia anunciado o governador Ronaldo Caiado (DEM).

“Nós não temos como disponibilizar todo o recurso do mês para o pagamento de despesa do ano anterior”, disse Roller.

A intenção do Governo é parcelar o salário de dezembro em seis vezes. E cada parcela seria paga de acordo com a faixa salarial, a partir de março. Os servidores não aceitam e muitos falam em greve.