Do Mais Goiás

Sete cidades goianas ganham 100 capacetes Elmo para o tratamento da Covid

Estudos apontam que o item diminui em 60% a necessidade de internações em leitos de UTI

Sete municípios goianos ganharam, no início desta semana, 100 capacetes Elmo para auxiliar no tratamento de pacientes com Covid-19. (Foto: divulgação)
Sete municípios goianos ganharam, no início desta semana, 100 capacetes Elmo para auxiliar no tratamento de pacientes com Covid-19. (Foto: divulgação)

Sete municípios goianos ganharam, no início desta semana, 100 capacetes Elmo para auxiliar no tratamento de pacientes diagnosticados com Covid-19. O equipamento oferece suporte ventilatório não invasivo que reduz consideravelmente o esforço respiratório de pessoas contaminados pelo novo coronavírus.

Os capacetes serão emprestados pela Fieg e o critério utilizado foi o número de infectados e de óbitos em cada município. Inicialmente, as primeiras cidades contempladas foram Edeia, Goianésia, Goiatuba, Morrinhos, Goiandira, Abadiânia e Vicentinópolis.

A distribuição ocorre após solicitação da Federação das Indústrias de Goiás (Fieg) e destinação de cerca de R$ 74 mil do Ministério Público do Trabalho em Goiás (MPT-GO) e Justiça do Trabalho.

O Elmo propicia alta oferta de oxigênio e ar medicinal e é recomendado principalmente a pessoas que apresentam graus leves ou moderados de comprometimento pulmonar. Ao oferecer suporte na própria cidade em que o paciente está internado, preserva-se a capacidade de atendimento do sistema de Saúde, evitando a sobrecarga e o consequente colapso. Estudos apontam que o item diminui em 60% a necessidade de internações em leitos de UTI.

Outras doações

Em março deste ano, o MPT em Goiás e a Justiça do Trabalho destinaram R$ 586 mil para a aquisição de 500 Elmos, que foram doados à Secretaria de Estado da Saúde de Goiás. Desde o início da pandemia, o MPT em Goiás e a Justiça do Trabalho já destinaram cerca de R$ 12,5 milhões para ajudar no combate aos efeitos sanitários e sociais provocados pela pandemia.