Cidades

SES-GO define nova OS para administrar Hugo, em Goiânia

O Instituto Gerir, que administra a unidade, encerra as atividades na próxima segunda-feira (26). O Instituto Haver assume a gerência no dia seguinte


Juliana França

Do Mais Goiás | Em: 21/11/2018 às 17:47:43


Hospital Estadual de Urgências de Goiânia Valdemiro da Cruz (Hugo). (Foto: divulgação/Hugo)
Hospital Estadual de Urgências de Goiânia Valdemiro da Cruz (Hugo). (Foto: divulgação/Hugo)

A Secretaria da Saúde de Goiás (SES-GO) definiu uma nova Organização Social (OS) para administrar o Hospital Estadual de Urgências de Goiânia Valdemiro da Cruz (Hugo). O Instituto Gerir, que administra a unidade, encerra as atividades de gerência na próxima segunda-feira (26). A partir desta terça-feira (27) o Instituto Haver ficará a cargo da administração da instituição de saúde.

A mudança também afetará a gerência do Hospital Estadual de Urgências de Trindade Walda Ferreira dos Santos (Hutrin), também administrada pelo Instituto Gerir. Agora, a gestão ficará nos comandos do Instituto CEM.

A SES informou ainda que as duas OSs foram contratadas provisoriamente. Elas devem atuar por, no máximo, 180 dias, até que o processo de contratação de uma nova gestão seja concluído. O Instituto Haver receberá do governo estadual R$ 20,5 milhões mensais para realizar a gestão do Hugo. Já o Instituto CEM terá R$ 2,2 milhões mensais para administrar o Hutrin.

De acordo com a SES, os valores são os mesmos repassados ao Instituto Gerir. As duas organizações poderão manter ou não os contratos com empresas terceirizadas, firmados pelo Instituto Gerir nas duas unidades hospitalares. A decisão será tomada após análise da viabilidade técnica e econômica desses contratos.

A Secretaria esclareceu ainda que foram adotadas as providências necessárias para que não haja descontinuidade de nenhum serviço e atendimento ao usuário do Sistema Único de Saúde (SUS), em ambas as unidades.

Tópicos