Ton Paulo
Do Mais Goiás

Servidores interceptam drogas jogadas a detentos da CPP por cima do muro

As drogas, jogadas por cima do muro da penitenciária, estavam escondidas em peças rosqueadas

Servidores que atuam na Casa de Prisão Provisória (CPP) , em Aparecida de Goiânia, interceptaram, no último domingo, 6, a entrada de drogas destinadas aos detentos. As porções de substância análoga à maconha haviam sido jogadas por cima do muro da unidade prisional.

De acordo com informações da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), o caso aconteceu por volta das 17h de ontem, domingo. Uma porção de entorpecentes, escondidos em peças rosqueadas, foi lançada por cima do muro do presídio e interceptados antes que chegassem à destinação final, os detentos.

Diante do ocorrido, a DGAP informou que a direção da unidade abriu procedimentos administrativos internos para apuração do fato e aplicação das sanções disciplinares aos detentos que seriam os destinatários das drogas.

Os entorpecentes estão, agora, à disposição das autoridades policiais competentes para os fins adequados. Os indivíduos responsáveis pelo lançamento das drogas na unidade ainda não foram identificados.