Saúde

Servidores da UPA do Buriti Sereno paralisam atividades nesta sexta-feira

Apenas serviços essenciais devem ser prestados na unidade de saúde. A SMS de Aparecida de Goiânia informou que está negociando com a categoria


Karla Araujo
Do Mais Goiás | Em: 04/05/2017 às 23:19:42

Na quarta-feira (3), a paralisação e protesto aconteceram no Cais Nova Era (Foto: Sindsaúde)
Na quarta-feira (3), a paralisação e protesto aconteceram no Cais Nova Era (Foto: Sindsaúde)

Servidores da Saúde de Aparecida de Goiânia vão realizam um novo protesto nesta sexta-feira (5) na UPA do Buriti Sereno. Durante o dia, apenas os serviços de urgência e emergência serão realizados. Uma paralisação semelhante aconteceu na quarta-feira (3) no Cais Nova Era.

A presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Único de Saúde no Estado de Goiás (Sindsaúde), Flaviana Alves Barbosa, afirma que a principal reinvindicação da categoria é que a Lei de Plano de Cargo e Salários, aprovada em 2014, seja cumprida em sua integralidade. “Ano passado o Maguito disse que o Gustavo colocaria a norma para funcionar. Já passaram mais de cem dias de governo e ainda não vimos mudança”, afirma a presidente.

De acordo com Flaviana, o sindicato tentou marcar uma nova reunião com o prefeito para esta semana, mas o pedido ainda não foi atendido. Por nota, a Secretaria Municipal de Saúde informou que secretário de Saúde Edgar Tolini está negociando com o secretário de Fazenda André Luis Rosa os impactos das reivindicações referente ao plano de cargos e salários e buscando um acordo junto aos profissionais.