Alexandre Bittencourt
Do Mais Goiás

Seleção sul-americana da década tem seis brasileiros

Único jogador que não é brasileiro nem argentino é Paolo Guerrero, do Peru

Goleiro brasileiro Júlio César, que entrou na seleção da década da Conmebol (Foto: Divulgação)
Goleiro brasileiro Júlio César, que entrou na seleção da década da Conmebol (Foto: Divulgação)

A IFFHS (Federação Internacional de História e Estatística do Futebol) divulgou, nesta quinta-feira (28), a seleção sul-americana da década, entre 2011 e 2020. São seis brasileiros, quatro argentinos e um peruano no time.

A seleção da Conmebol começa com Julio Cesar no gol. A linha de defesa é formada por Daniel Alves, Thiago Silva, Mascherano e Marcelo.

O meio-campo tem Casemiro, Di María e Messi. No ataque, aparecem Aguero, Neymar e Paolo Guerrero, sendo este último o único jogador da equipe que não é brasileiro nem argentino.

O Chile, que foi bicampeão da Copa América na última década, não tem nenhum representante na seleção sul-americana. O mesmo aconteceu com o Uruguai, campeão da Copa América em 2011.

A IFFHS já havia divulgado a seleção mundial com os melhores da década, e o único jogador do Brasil na lista é Marcelo. Neymar acabou fora da lista.