Estadao Conteúdo

Seleção feminina de vôlei cai diante dos EUA

Equipe comandada pelo técnico José Roberto Guimarães perde chance de liderar Liga das Nações com derrota por 3 sets a 1

A seleção brasileira feminina de vôlei perdeu nesta quarta-feira (6) a oportunidade de alcançar a liderança da Liga das Nações. Diante dos Estados Unidos, que ocupa a ponta da tabela, as brasileiras foram derrotadas pelo placar de 3 sets a 1, com parciais de 25/23, 26/28, 25/21 e 25/18, na cidade chinesa de Jiangmen. Com o resultado, o time comandado pelo técnico José Roberto Guimarães teve encerrada a série de nove vitórias consecutivas na competição.

A derrota foi a segunda da equipe na Liga das Nações – a primeira aconteceu logo na estreia, diante da Alemanha. O novo revés deixou a seleção brasileira na segunda colocação geral da competição, com 26 pontos. Se tivesse vencido, o Brasil assumiria a ponta da classificação, que segue com as norte-americanas, agora com 31 pontos. Por outro lado, o time nacional agora poderá cair para o terceiro lugar.

O primeiro set no duelo contra os EUA foi marcado pelo equilíbrio. As americanas saíram na frente, ao fazerem 2/0, mas o Brasil virou rapidamente. O placar seguiu parelho com 15/15 e depois, 20/20. Mas um erro de ataque custou o set ao Brasil no momento mais decisivo da parcial. As falhas brasileiras deram o tom do segundo set. As americanas aproveitaram a vantagem e saíram na frente, mas o Brasil chegou a empatar em 12/12, antes de liderar o placar em 16/15. Evoluindo na solidez em quadra, o time brasileiro abriu ligeira vantagem e fechou o set, empatando a partida.

O terceiro set foi liderado do início ao fim pelos EUA. E, nos momentos decisivos, as rivais abriram vantagem para fechar a parcial com certa tranquilidade. O quarto set seguiu a mesma toada, com pouca resistência oferecida pelas brasileiras. Zé Roberto escalou nesta quarta a equipe com Roberta, Adenizia, Gabi, Amanda, Tandara, Ana Beatriz e a líbero Suelen. No decorrer do jogo, entraram em quadra Carol, Rosamaria, Macris, Drussyla e Monique.

A seleção feminina voltará à quadra na quinta-feira, às 5 horas (horário de Brasília). O jogo será contra a Rússia, na sequência desta quarta semana da competição.