Estadao Conteúdo

Seleção brasileira se despede de Goiânia com treinamento no estádio da Serrinha

Os brasileiros voltam à campo na próxima sexta-feira (2), para o duelo das quartas de final

Jogadores da seleção treinam na Serrinha. Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Após encerrar a primeira fase da Copa América com um empate por 1 a 1 com o Equador, em partida disputada no último domingo, no estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia, a seleção brasileira se despediu da capital de Goiás com um treinamento nesta segunda-feira (28). Em uma manhã com muito sol e calor, os jogadores que não foram titulares foram a campo no estádio Hailé Pinheiro, também conhecido como Serrinha, de propriedade do Goiás.

O treinamento contou com vários jogadores considerados titulares pelo técnico Tite, que aproveitou que a seleção já estava classificada e em primeiro lugar no grupo para dar chance a reservas contra o Equador.

Assim, Ederson, Weverton, Thiago Silva, Alex Sandro, Casemiro, Everton Ribeiro, Fred, Gabriel Jesus, Neymar, Vinicius Junior e Richarlison participaram de uma atividade em campo reduzido, com enfrentamento entre duas equipes e bastante intensidade. O restante do grupo permaneceu no hotel da seleção brasileira para trabalhos regenerativos.

Classificada na primeira colocação do Grupo B da Copa América, a seleção brasileira retorna à Granja Comary, em Teresópolis (RJ), de olho na preparação para as quartas de final da competição. O próximo treino da equipe será nesta terça-feira, às 15h30.

O adversário do Brasil nas quartas de final sairá do confronto entre Uruguai e Paraguai, marcado para esta segunda-feira (28). Se esta partida terminar com vitória uruguaia ou empate, o duelo seguinte da seleção será contra o Chile. Caso a vitória seja paraguaia, os comandados do técnico Tite enfrentarão os uruguaios na próxima fase.

O Brasil volta a campo nesta sexta-feira (2), às 21 horas, no estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro, onde já atuou por esta Copa América. Foram vitórias sobre o Peru e a Colômbia.