Fiscalização

Segunda vistoria anual do transporte escolar começa em agosto

Durante a fiscalização do transporte escolar também é verificada a documentação do condutor e do veículo. Vistoria será realizada de 20 de agosto até 26 de outubro


Goiás Agora
Do Goiás Agora | Em: 30/07/2018 às 15:45:11

Veículos poderão trafegar nos corredores, desde que esteja devidamente cadastrado na prefeitura (Foto: Reprodução)
Veículos poderão trafegar nos corredores, desde que esteja devidamente cadastrado na prefeitura (Foto: Reprodução)

A vistoria do transporte escolar referente ao segundo semestre será realizada de 20 de agosto até 26 de outubro em todo o Estado de Goiás. A fiscalização é realizada semestralmente pelo Detran Goiás em parceria com o Ministério Público de Goiás. A vistoria é obrigatória e visa contribuir com a melhoria e segurança da frota.

Durante a fiscalização do transporte escolar também é verificada a documentação do condutor e do veículo. Para conduzir este tipo de transporte, os motoristas precisam ser habilitados nas categorias D ou E, com mais de 21 anos de idade, e apresentar aprovação em curso especializado. O condutor não deve ter cometido nenhuma infração grave ou gravíssima e não deve ser reincidente em infrações médias nos últimos 12 meses.

O veículo precisa estar com a documentação em dia, e com os itens obrigatórios de segurança, como lanternas, faróis e freios, em boas condições. As equipes de fiscalização farão rotas, conforme planilha de calendário aqui.

Veículos reprovados ou que não comparecerem no prazo poderão realizar vistoria somente até o dia 15 de dezembro deste ano, na sede do Detran, devido ao encerramento do cronograma. Os proprietários ou prefeituras que perderem o prazo podem responder ação civil de acordo com Termo de Cooperação firmado com o Ministério Público.

Dúvidas sobre implantação dos equipamentos para visão indireta ou demais itens de segurança obrigatório para o transporte escolar poderão entrar em contato com a gerência de fiscalização e penalidades da autarquia pelo telefone (62) 3272 8072.