SAÚDE ESCLARECE

Secretário de Saúde nega que Goiás vá perder 43 mil testes de covid

Secretário diz que Goiás não teria perda financeira ainda que os testes ultrapassassem prazo de validade


Laylla Alves
Do Mais Goiás | Em: 27/11/2020 às 18:11:54

Goiás investiga cinco possíveis casos de reinfeção de Covid-19 (Foto: SMS)
Goiás investiga cinco possíveis casos de reinfeção de Covid-19 (Foto: SMS)

O secretário estadual de Saúde de Goiás, Ismael Alexandrino, diz que não procede a informação de há 43 mil testes do tipo RT-PCR para diagnóstico de covid-19 estocados na secretaria e que eles estão perto da data de vencimento. Alexandrino explica que a data de validade impressa na embalagem (dezembro de 2020) está errada e que, na parte interna do produto, está a informação (que segundo ele é a correta) de que o produto vale até outubro de 2023.

Alexandrino diz também que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e o fabricante do teste mudarão, em breve, a data de validade impressa na embalagem para que conste a informação correta. Afirma ainda que, mesmo que os testes se perdessem, Goiás não teria nenhuma perda financeira porque eles foram adquiridos pelo Ministério da Saúde.