2º MANDATO

Secretariado de Aparecida ainda tem três cargos disponíveis

Vagas na Segurança Pública, Habitação e Cultura ainda precisam ser preenchidas. Administração cede espaço a indicações políticas


Eduardo Pinheiro
Do Mais Goiás | Em: 05/01/2021 às 09:50:21

Reunião com secretariado em Aparecida de Goiânia | Foto: Rodrigo Estrela / Aparecida de Goiânia
Reunião com secretariado em Aparecida de Goiânia | Foto: Rodrigo Estrela / Aparecida de Goiânia

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (MDB), definiu na tarde de segunda-feira (4), mais um nome da composição dos secretariado de sua segunda gestão. Se trata do pró-reitor do Centro Universitário Alfredo Nasser, Divino Eterno de Paula, que assume a Educação do município. Com isso, apenas as pastas de Segurança Pública, Habitação e Assuntos Metropolitanos e Cultura precisam de nomeação, o que deve ocorrer nesta semana.

A indicação para Educação partiu do deputado federal professor Alcides (PP), que, a despeito da aliança do Progressistas com o PSD e o DEM em Goiânia, apoiou Gustavo Mendanha na eleição de Aparecida. No sábado (2), o prefeito chegou a anunciar o nome de Marcelo Ferreira de Oliveira como interino da pasta.

“Escolhas técnicas”

Durante a primeira reunião com o secretariado, na tarde de segunda, Gustavo Mendanha disse que a escolha dos nomes ocorreu por meio de análise de capacitação e critérios técnicos. No entanto, a reforma administrativa, aprovada pela Câmara Municipal no dia 31 de dezembro de 2020, busca acomodar a rede de apoio que o prefeito angariou durante a campanha de reeleição. Ao todo, 20 partidos estiveram ao lado de Mendanha na disputa eleitoral.

O secretariado conta ainda com o ex-vice-prefeito Veter Martins (PSD), em Planejamento e Regulação Urbana. Veter chegou a ser pré-candidato a prefeito com apoio da base caiadista, mas desistiu e ficou ao lado de Mendanha.

Outra indicação política é do secretário de Transparência, Fiscalização e Controle, Henderson de Paula, que é ligado ao deputado federal Lucas Vergílio (Solidariedade). Há também indicações do Podemos.

Reforma

O aumento do número de secretarias nasceu a partir da reforma administrativa aprovada em 31 de dezembro de 2020 pela Câmara Municipal. Com ela, Mendanha criou a Companhia de Desenvolvimento de Aparecida e elevou o status de outras cinco, entre elas de Segurança Pública.

A pasta, que não é de atribuição municipal, mas fez parte de promessa de campanha de Gustavo, ocupará a estrutura da secretaria de Mobilidade e Defesa Social. A intenção  é otimizar o uso dos programas do Projeto Cidade Inteligente que conta com a implantação de 650 câmeras de videomonitoramento.

Veja quem são os secretários de Aparecida de Goiânia:

Secretaria de Administração – Arthur Henrique de Sousa Braga
Secretaria de Articulação Política – Ricardo Teixeira
Secretaria de Assistência Social – Mayara Mendanha
Secretaria de Ação Integrada – Vanilson Bueno
Secretaria de Ciência , Tecnologia e Inovação – Johnathan Medeiros
Secretaria de Comunicação – Ozéias Laurentino Júnior
Secretaria de Defesa do Consumidor – Deivison Rodrigues da Costa
Secretaria de Desenvolvimento Econômico – Marlúcio Pereira
Secretaria de Desenvolvimento Urbano – Max Menezes
Secretaria de Educação (interino) – Professor Divino Eterno de Paula
Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude – Gefferson Aragão
Secretaria da Fazenda – André Luis Rosa
Secretaria de Governo e Casa Civil – Fábio Passaglia
Secretaria de Infraestrutura – Mário Vilela
Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade – Cláudio Everson
Secretaria de Planejamento e Regulação Urbana – Veter Martins
Procuradoria Geral do Município – Fábio Camargo
Secretaria de Relações Institucionais – Felipe Cortes
Secretaria da Saúde – Alessandro Magalhães
Secretaria do Trabalho, Emprego e Renda – Jeferson Ferreira da Silva
Secretaria da Transparência, Fiscalização e Controle – Henderson de Paula Rodrigues
AparecidaPrev – Einstein Paniago
Companhia de Desenvolvimento de Aparecida – Luiz Maronezi