Seco para reforma, lago do Parque Cascavel será entregue em até 60 dias, segundo a Amma

Vídeo mostra peixes agonizando no lago, agora com muita lama e pouca água. Agência do Meio Ambiente diz que problema será resolvido em breve


Fabricio Moretti
Do Mais Goiás | Em: 01/10/2018 às 18:01:47

Muita lama no local do lago (Foto: Reprodução/Google Street View)
Muita lama no local do lago (Foto: Reprodução/Google Street View)

Moradores da região Sudoeste da capital denunciaram nas redes sociais, na manhã desta segunda-feira (1°/10) a situação atual do lago do Parque Cascavel: seco e com muita lama, o que vem causando a morte de peixes. De acordo com a Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma), trata-se de um episódio de manutenção com duração esperada de até 60 dias.

“Estamos implementando uma bacia de contenção do leito do córrego até o ponto do lago. Com isso, as águas do lago estarão sempre limpas, situação sempre reivindicada pela população”, afirmou José Ricardo da Silva, gerente de Parques da mencionada agência. Ele alega que a drenagem da água é necessária para que operários, com máquinas e caminhões, realizem a limpeza do local. Confira a condição do lago:

“Os parques são uma bacia de contenção e um dos maiores problemas encontrados nesses ambientes é a drenagem, pois as galerias entram no leito do córrego e provocam rachaduras. Esse é um caso encontrado em todos os parques de Goiânia. Porém, a obra no Cascavel está sendo feita da melhor forma possível. A bacia será concluída, o lago ficará pronto em um prazo de 50 à 60 dias, e terá uma boa vazão”.

Em relação à morte de peixes, José Ricardo alegou que agentes “tentam recolher o máximo possível de animais, colocando-os na parte onde existe água represada”.

Peixes sendo retirados da lama (Foto: Reprodução/Facebook)

“De uma vez por todas”

Em agosto do ano passado o Mais Goiás noticiou que as obras de desassoreamento do lago estavam sendo realizadas e, na época, de acordo com a Amma, os problemas envolvendo a estrutura do parque seriam resolvidos “de uma vez por todas”. Agora, o gerente se esquiva, afirmando que, na época, a bacia de contenção não havia sido projetada.

“A bacia irá oferecer um ponto de limpeza antes do lago. Será um ponto de captação de sedimentos, como uma barragem. Todo sedimento que ficar represado na bacia, passará por uma manutenção”.

Comentários de internautas no Facebook (reprodução/Facebook)

Localizado na divisa entre os bairros Parque Amazônia, Vila Rosa e Jardim Atlântico na região Sudoeste, o Parque Natural Municipal Cascavel é um dos pontos turísticos mais conhecidos da capital e ocupa uma área de 230.150,97 metros quadrados.

*Fabrício Moretti é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Thaís Lobo