TÊNIS

Schwartzman bate Thiem após mais de 5 horas em Roland Garros

Tenista argentino vai às semis de um Grand Slam pela primeira vez na carreira


Alexandre Bittencourt
Do Mais Goiás | Em: 06/10/2020 às 16:39:33

Tenista Diego Schwartzman em ação em Roland Garros (Foto: Divulgação)
Tenista Diego Schwartzman em ação em Roland Garros (Foto: Divulgação)

O tenista argentino Diego Schwartzman, 28, bateu o austríaco Dominic Thiem, 27, em uma batalha de mais de cinco horas nas quartas de final de Roland Garros, nesta terça-feira (6).

Após sair na frente e sofrer a virada, Schwartzman se manteve firme e buscou o placar, fechando a partida em 3 sets a 2 (7/6, 5/7, 6/7, 7/6 e 6/2), após extenuantes (principalmente para o austríaco) cinco horas e oito minutos de confronto no saibro de Paris.

O argentino garantiu assim vaga em sua primeira semifinal em um torneio do Grand Slam, após ter chegado outras três vezes à fase de quartas (uma em Roland Garros e duas no US Open).

Thiem, vice-campeão em Paris nos dois últimos anos e vencedor do US Open há menos de um mês(seu primeiro troféu de Slam), desta vez não terá a chance de encarar uma revanche contra Rafael Nadal, que o derrotou nas duas finais de Roland Garros.

O espanhol poderá ser o adversário de Schwartzman caso confirme o favoritismo diante da revelação italiana Jannik Sinner, 19, em jogo das quartas de final ainda previsto para esta terça.

O argentino recentemente bateu Nadal, 12 vezes campeão de Roland Garros, no saibro de Roma, após nove derrotas consecutivas para ele na carreira. Depois acabou derrotado por Novak Djokovic na decisão do torneio Masters 1.000, mas já mostrou que entraria embalado no Slam francês.

Atualmente 14º colocado do ranking mundial (alcançará pela primeira vez o top 10, na próxima semana) e com três títulos profissionais no currículo, ele foi apelidado de “El Peque” (“O Pequeno”) por sua baixa estatura (oficialmente 1,70 m) para os padrões do esporte, compensada por agilidade, técnica e garra.

Horas antes, nesta terça, coroando um dia histórico para o tênis argentino, Nadia Podoroska se tornou a primeira tenista da era profissional a sair do qualificatório e avançar às semis de Roland Garros. Ela surpreendeu a ucraniana Elina Svitolina, cabeça de chave número 3.

Curiosamente, a compatriota de Schwartzman também tem 1,70 m como medida oficial de altura e foi apelidada de “La Peque” em seu país. Um dia gigante para os pequenos argentinos.