Do Mais Goiás

Sara Winter, líder dos “300 do Brasil” é presa pela PF em Brasília

Pedido partiu do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes e compõe a investigação sobre movimentos antidemocráticos no Brasil

Sara Winter diz que deveria virar petista para ter atenção do governo
Sara Winter diz que deveria virar petista para ter atenção do governo

A ativista bolsonarista responsável por liderar o movimento 300 do Brasil foi presa pela Polícia Federal, em Brasília, nesta segunda-feira (15). O pedido partiu do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes e compõe a investigação sobre movimentos antidemocráticos no Brasil.

Na sexta-feira (12), Sara se manifestou via twitter sobre a possibilidade de detenção. “Posso ser a 3ª presa política do Regime do STF”, afirmou.

Segundo o jornal Correio Braziliense, Sara chegou a pedir asilo político aos Estados Unidos, o qual foi negado pela embaixada no país, segundo advogado ativista Bertono Barbosa de Oliveira.

Aguarde mais informações

Do Mais Goiás, com informações da Folha de São Paulo, G1 e Correio Braziliense