FolhaPress

São Paulo lamenta derrota para o Grêmio, mas confia na virada

Tricolor paulista foi derrotado por um a zero pelo Grêmio no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil

Fernando Diniz, técnico do São Paulo (Foto: Divulgação)

A derrota para o Grêmio por 1 a 0 na última quarta (23) não foi muito bem digerida pelos são-paulinos, mas todos estão longe de jogar a toalha na Copa do Brasil.

Luciano acredita que o São Paulo pode conseguir a virada diante do Grêmio para chegar a uma nova final da competição, no Morumbi, na próxima quarta-feira (30), às 21h30.

Os comandados de Fernando Diniz precisam de um triunfo simples -um gol de diferença- para levar o duelo para os pênaltis. A classificação direta depende de uma vitória por dois ou mais gols de diferença.

Mesmo com a necessidade de resultado positivo no duelo de volta, Luciano acredita que a equipe tem condições de garantir a classificação para a próxima fase do torneio mata-mata.

“O 1 a 0 é um placar que a gente pode reverter no Morumbi e sair classificado. Se Deus quiser, a gente vai conseguir reverter no Morumbi”, comentou o atacante.

O atleta de 27 anos ainda falou sobre a sua situação clínica. Recuperado de um leve estiramento muscular no adutor da coxa esquerda, ele atuou como titular e foi substituído por Tchê Tchê aos 29min do segundo tempo. Questionado sobre a lesão que o tirou do triunfo por 3 a 0 sobre o Atlético-MG, Luciano comentou: “Voltei, não senti dor, foi boa essa parte. Tive a oportunidade de abrir o marcador e infelizmente errei, mas faz parte”.

Amargo

Fernando Diniz classificou o revés por 1 a 0 para o Grêmio como “uma derrota amarga”, mas destacou o bom jogo tático do São Paulo. O treinador lamentou o resultado no primeiro compromisso das semifinais.

Em entrevista coletiva após o confronto ocorrido na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, o técnico fez a sua avaliação do placar obtido por seus comandados fora de casa.

“A derrota é amarga porque a gente produziu para vencer o jogo. Se alguém jogou abaixo, o coletivo conseguiu suprir as carências que você citou na visão do jogo. De maneira geral, fiquei contente com o desenvolvimento do time. A gente precisa produzir para passar e tem condições para isso. Nesse tipo de torneio, esse foi o primeiro tempo do jogo. O segundo tempo será lá em São Paulo”, disse.

“O São Paulo fez um bom jogo. Em um lance de infelicidade nossa, a bola bateu no Arboleda, sobrou e eles fizeram o gol. A gente vai jogar a volta na nossa casa, vamos procurar fazer uma grande partida na próxima quarta”, acrescentou.