Do Mais Goiás

São Paulo avança sobre ex-invicto Corinthians

O adversário do São Paulo nas oitavas de final será o Cruzeiro. Classificado de antemão como primeiro da chave, o Corinthians, por sua vez, terá pela frente o Guaraní (Paraguai).

O São Paulo não fez seu torcedor passar susto, como havia imaginado na véspera o capitão Rogério Ceni, e avançou às oitavas de final da Copa Libertadores ao ganhar até de forma tranquila, na noite desta quarta-feira, seu primeiro clássico em 2015. Diante de um Corinthians já classificado – e que atuou com um jogador a menos desde os 18 minutos, após expulsão de Emerson –, Luis Fabiano e Michel Bastos traduziram em gols a boa atuação na vitória por 2 a 0, no Morumbi.

No começo do segundo tempo, o árbitro Sandro Meira Ricci, pressionado um dia antes pela diretoria do São Paulo em virtude de seu histórico extenso de expulsões em jogos da equipe, mandou mais dois jogadores para o vestiário: Luis Fabiano e Stiven Mendoza, que se estranharam em disputa de bola na lateral. O são-paulino recebeu o segundo cartão amarelo por empurrar o corintiano, que foi expulso diretamente ao tentar revidar e não acertar o adversário, a despeito de sua simulação. Com dez contra nove, o placar poderia ter ficado ainda mais elástico.

O adversário do São Paulo nas oitavas de final será o Cruzeiro. Classificado de antemão como primeiro da chave, o Corinthians, por sua vez, terá pela frente o Guaraní (Paraguai). Ainda indefinidas, as datas serão desmembradas entre as três próximas semanas. Como ambos os times foram eliminados na semifinal do Campeonato Paulista, é possível que eles só voltem a campo daqui a duas semanas. O time tricolor decidirá a classificação fora de casa, ao passo que a equipe de Tite, dona de atuações ultimamente pouco convicentes, jogará a segunda partida em Itaquera.

Além de quebrar o jejum são-paulino depois de cinco clássicos sem vitória e de pôr fim à invicta série corintiana de 25 jogos no ano, o resultado tirou da competição o San Lorenzo, que simultaneamente perdeu para o saco de pancadas do grupo 2, o uruguaio Danubio, em Buenos Aires. A equipe argentina, que precisava vencer e dependia ainda de um tropeço de seu concorrente, se despedirá do torneio continental sem conseguir defender o título ganho no ano passado.

GOLS

31min do 1º tempo – São Paulo 1 x 0 Corinthians
Reinaldo cruzou da esquerda, e Hudson chutou em cima de Felipe. Luís Fabiano, sozinho, pegou o rebote sozinho e marcou.

40min do 1º tempo – São Paulo 2 x 0 Corinthians
Michel Bastos chutou de fora da área e contou com “ajuda” de Cássio para ampliar.


Ficha técnica:

São Paulo 2 x 0 Corinthians

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 22 de abril de 2015, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (BRA)
Assistentes: Fabrício Vilarinho (BRA) e Fábio Pereira (BRA)
Cartões amarelos: Dória, Reinaldo, Hudson, Luis Fabiano e Denilson (São Paulo); Danilo e Elias (Corinthians)
Cartões vermelhos: Luis Fabiano; Emerson e Stiven Mendoza (Corinthians)
Gols: SÃO PAULO: Luis Fabiano, aos 31, e Michel Bastos, aos 39 minutos do primeiro tempo

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Bruno, Rafael Toloi, Dória e Reinaldo; Denilson (Centurión), Souza, Hudson (Rodrigo Caio), Paulo Henrique Ganso e Michel Bastos (Thiago Mendes); Luis Fabiano
Técnico: Milton Cruz (interino)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Felipe, Gil e Fábio Santos; Ralf, Elias, Jadson (Bruno Henrique), Renato Augusto (Danilo) e Emerson; Vagner Love (Stiven Mendoza)
Técnico: Tite