Do Mais Goiás

São João da Paraúna não recebeu doses nesta 5ª, diz prefeito; vacinação está em 28 anos

Cidade, perto de concluir a imunização, foi a única da região Oeste II que não recebeu vacinas nesta data

Perto de completar vacinação, São João da Paraúna ficou sem receber novas doses, nesta 5ª
Perto de completar vacinação, São João da Paraúna ficou sem receber novas doses, nesta 5ª (Foto: Jucimar de Sousa/Mais Goiás)

Depois de anunciar que estava perto de finalizar a vacinação contra a Covid-19, o município de São João da Paraúna foi excluído do envio de vacinas nesta quinta-feira (10). O prefeito Juninho (DEM) diz que só soube no começo desta tarde, quando as doses não chegaram.

Na quarta-feira (9), a cidade imunizou o público geral a partir de 28 anos. A expectativa era chegar aos 18 anos, se a remessa dessa semana repetisse a do último dia 3 de junho, quando foram enviadas 210 doses.

De fato, São João da Paraúna foi a única cidade da região Oeste II que ficou sem a vacina. Receberam: Adelândia (70); Aurilândia (60); Buriti de Goiás (70); Cachoeira de Goiás (30); Córrego do Ouro (60); Firminópolis (380); Palmeiras de Goiás (870); Palminópolis (100); Paraúna (280); Sanclerlândia (170); Turvânia (120); e São João da Paraúna (0).

“Eu não entendi”, disse o prefeito. “Nós não temos mais nenhuma dose em estoque. Fizemos as coisas certas e fomos prejudicados”, relatou ao citar que tentou contato com a secretaria de Saúde de Goiás (SES-GO), mas não teve sucesso.

Distribuição desta quinta (Foto: Enviada ao Mais Goiás)

Distribuição do último dia 3 de junho (Foto: Enviada ao portal)

SES-GO

O Mais Goiás procurou a SES-GO para entender o não envio de vacinas a São João da Paraúna, nesta quinta, uma vez que as demais cidades da região receberam. Confira na íntegra:

“Nas últimas remessas, São João da Paraúna recebeu um quantitativo a mais de vacinas contra a Covid-19 . Dessa forma, com esse novo lote, os imunizantes não foram disponibilizados com o intuito de compensar as doses extras de remessas anteriores remetidos à cidade. A distribuição dos imunobiológicos no Estado é realizada entre os municípios conforme dados e estimativas populacionais.

Em São João da Paraúna a vacinação está avançada. O município já recebeu 1.360 imunizantes. Destes, há o registro no sistema oficial de que 1.111 foram aplicados, sendo 867 para primeira dose (62,78% da população local) e 244 para reforço (17,67%).”

Município

No último dia 7, o prefeito da cidade de cerca de 1.600 afirmou que esperava vacinar toda a população acima dos 18 anos na próxima semana ou na outra. Destaca-se, o município tem 1.478 habitantes acima dos 18 e, naquela data, já tinha aplicado a primeira dose 899 vezes, até aquele momento.

Há mais de 30 dias a cidade não registra novos casos da Covid. Há duas suspeitas, segundo o boletim de quarta (10). Ao todo, três pessoas já morreram.