Francisco Costa
Do Mais Goiás

Santuário católico em Goiânia atende fiéis 24h por dia nos carros

"Respondemos a uma demanda que a forma tradicional não corresponde", diz padre Rodrigo

Santuário Católico em Goiânia atende fiéis 24h por dia nos carros
Santuário Católico em Goiânia atende fiéis 24h por dia nos carros (Foto: Jucimar de Sousa / Mais Goiás)

O Santuário Basílica Sagrada Família, na Vila Canaã, em Goiânia, realiza desde a semana Santa de 2020 um atendimento que poderia ser considerado “drive-thru”. Eles recebem confissões, com as pessoas dentro do carro, no estacionamento do local. E no fundo, há uma capela de adoração perpétua com o Santíssimo exposto para orações e comunhões individuais.

Reitor do Santuário, o padre Rodrigo de Castro Ferreira explica que a medida foi pensada para as pessoas não podem participar das missas – que acontecem nos moldes permitidos, quando previstas nos decretos restritivos de Goiás e Goiânia por causa da Covid-19 – por estarem isoladas ou em risco. “Fica um ministro de eucaristia 24h por dia. O atendimento ocorre 24h por dia”, reforça. “E corre o rito de comunhão fora da missa”, revela sobre o espaço.

Questionado sobre a adesão, ele afirma que 20 mil pessoas por semana é o público total do santuário (quando as missas são permitidas), 5 mil vão ao estacionamento no mesmo período. “Respondemos a uma demanda que a forma tradicional não corresponde. Hoje, muitos fiéis se acostumaram. Aqueles que buscam a religião, mas não podem estar dentro da igreja, que não sentem segurança pelo medo e pelos traumas.”

O padre revela que há casos de pessoas que perderam pai e mãe, filhos… “Só Deus sabe a dor dessas pessoas. E elas querem ser acolhidas.”

Espaço de atendimento

Apesar de não tratar como drive-thru, mas espaço de atendimento, Rodrigo explica que, do estacionamento, os fiéis deixam o local pela esquerda e passa pelas 14 estações da via sacra e podem fazer a meditação. São elas: Jesus é condenado à morte; Jesus carrega a cruz às costas; Jesus cai pela primeira vez; Jesus encontra a sua Mãe; Simão Cirineu ajuda a Jesus; Verônica limpa o rosto de Jesus; Jesus cai pela segunda vez; Jesus encontra as mulheres de Jerusalém; Terceira queda de Jesus; Jesus é despojado de suas vestes; Jesus é pregado na cruz; Jesus morre na cruz; Jesus é descido da cruz; e Jesus é Sepultado.

Já em relação a parte dos fundos, onde é possível ter atendimento individual e comungar fora da missa, ele explica que é possível ir de carro, bicicleta, a pé ou moto. “Muitos passam por lá quando vão para o trabalho. Nem sempre comungam”, relata.

Questionado se há congestionamento, ele diz que não. “O fato do atendimento ser 24h ajuda.”

Padre Rodrigo, reitor do Santuário (Foto: Jucimar de Sousa / Mais Goiás)

Fiel

Queliane Carvalho é fiel do Santuário e aderiu a este modelo de atendimento. Para ela, sair de casa neste momento é difícil, mas as pessoas valorizam mais a fé.

Segundo ela, hoje é dia de celebrar o Sábado Santo. “Vir, confessar e participar da missa.” Sobre o “drive-thru” de oração, ela diz com satisfação que o Santuário disponibilizou um local de oração, confissão e comunhão eucarística.

Queliane Carvalho, nos fundos do estacionamento do Santuário, em oração (Foto: Jucimar de Sousa / Mais Goiás)

Confira a programação do Santuário AQUI.