Recall

Samsung recebe primeiro processo por causa de Galaxy Note 7

Reclamante é um homem que foi queimado após o celular explodir na semana passada




Demorou, mas aconteceu: segundo a Reuters, um homem na Flórida processou a Samsung após seu celular Galaxy Note 7 explodir dentro do seu bolso, causando queimaduras de segundo grau em sua perna. O caso teria acontecido no dia 9 de setembro, uma semana depois da sul-coreana divulgar o recall global do aparelho.

 

Segundo a agência, o advogado do cliente apresentou o caso da seguinte forma: o plano de recall veio tarde demais e demorou muito tempo para ser organizado – a coleta só começou, na prática nos EUA, no dia 15. Ou seja: que mesmo se o homem quisesse entregar o aparelho, ele não tinha os meios e foi prejudicado por isso.

 

Até agora, foram confirmados 92 casos de explosão do Galaxy Note 7 pelo mundo.