Francisco Costa
Do Mais Goiás

Sâmia Bomfim diz que candidatura própria do PSol não favorece Lira

Sâmia Bomfim diz que candidatura própria do PSOL não favorece Lira
Sâmia Bomfim diz que candidatura própria do PSOL não favorece Lira

Nesta semana, o presidente da Câmara Federal Rodrigo Maia (DEM-RJ) pediu maior engajamento do presidente ACM Neto para determinar o voto de correligionários em Baleia Rossi (MDB-SP) para novo líder da mesa diretora. Na ocasião, ele também reclamou do fato de o PSOL lançar candidatura própria à presidência, o que beneficiaria o nome de Bolsonaro (sem partido), Artur Lira (PP-AL). A deputada federal Sâmia Bomfim (PSOL-SP), em entrevista exclusiva ao Mais Goiás, disse que não vê desta forma.

“Não acho que isso favoreça o Lira. Ele que precisa da maioria dos votos mais 1. Os votos que não vão para ele, não o ajudam”, declarou. Ela afirma que, nesta eleição, foi favorável que o PSOL não bancasse uma candidatura, contudo, foi decisão da executiva nacional que a deputada federal Luiza Erundina (PSOL-SP) disputasse a presidência da Câmara pela sigla.

De acordo com ela, sua proposta era de que o partido compusesse com o bloco em que está a oposição e alguns partidos de direita no apoio a Baleia, “justamente pelo perigo que a candidatura de Arthur Lira representa”. Ela argumenta que também não existe similaridade em termos de pauta econômica com Baleia Rossi, mas é sabido que Lira é o candidato de Bolsonaro.

“E já se comprometeu com muitas agendas de Bolsonaro, como a do armamento e outras que chama de pautas de costume, que representam retrocesso no direito das mulheres, LGBTQI+, comunidades indígenas, meio ambiante, além de uma agenda econômica perniciosa”, enumera. “Também já se comprometeu a não pautar CPIs que podem gerar problema para o governo, como a da saúde – protocolada pelo PSOL –; e não pautar o impeachment.”

Com isso, ela teme que a Câmara se torne um anexo direto do Planalto. Questionada se algum colega de legenda pode votar em Baleia ou Lira, ela diz que não. “Todos os parlamentares vão votar em Erundina. Não tem risco de indisciplina.”

Atualmente, a bancada do PSOL na Câmara tem dez deputados. Além de Sâmia e Erundina: Áurea Carolina (MG), David Miranda (RJ), Fernanda Melchionna (RS), Glauber Braga (RJ), Ivan Valente (SP), Marcelo Freixo (RJ), Talíria Petrone (RJ) e Vivi Reis (PA). Goiás não tem representantes do partido no parlamento federal.

Racha no DEM

O racha no DEM, que motivou a indignação de Rodrigo Maia, expôs a fragilidade da candidatura de Baleia e serviu para Lira ampliar sua base. Por ora, oficialmente o Democratas segue com o candidato emedebista.

Segundo informações da Folha, pelos cálculos do bloco de Lira, devem votar no deputado do PP parlamentares como Arthur Maia (BA), Carlos Gaguim (TO), Luiz Miranda (DF) e Paulo Azi (BA). Segundo deputados do partido, caso ocorra a migração, foi sinalizado à legenda um posto na Mesa Diretora.

Leia também:

Delegado Waldir diz que deputados do PSL apoiam Lira por emendas e cargos