PM

Rotam prende suspeitos de roubos a residências em Goiânia; veja vídeo

Imagens mostram momento em que dupla foi capturada quando tentava se esconder no telhado de uma casa. Um assaltante fugiu após trocar tiros com os PMs




Após perseguição e troca de tiros, militares da Rotam prenderam na tarde desta terça-feira (21), em Goiânia, dois suspeitos de roubos a residências que estavam com um veículo clonado. Imagens obtidas com exclusividade pelo Mais Goiás mostram o momento em que os dois suspeitos foram capturados pelos policiais ao tentar fugir pelo telhado de uma casa.

Durante um patrulhamento, uma equipe da Rotam desconfiou da atitude de três jovens que estavam pelo Setor Caiçara em um veículo i30 de cor prata. Assim que os policiais sinalizaram para que eles encostassem, o condutor aumentou a velocidade e fugiu.

Sem conseguir fazer a conversão em uma rua estreita, o motorista do i30 bateu no meio fio e os três suspeitos desceram correndo. Um deles atirou várias vezes contra os policiais, e mesmo com o revide, conseguiu fugir por uma mata que fica às margens do Rio Meia Ponte.

Os outros dois ocupantes do veículo pularam muros de algumas residências, mas algum tempo depois foram localizados. As imagens mostram quando um morador abre o portão eletrônico da casa para que os policiais da Rotam entrem e determinem que os dois suspeitos desçam do telhado.

Com Maurício Silva Vaz Filho, de 22 anos, os militares encontraram cinco munições de pistola calibre 40. O segundo suspeito preso, Bruno Lima dos Santos, de 21 anos, segundo a PM, tinha em um dos bolsos um celular roubado minutos antes. Ambos, segundo a PM, já respondem a processos por crimes como roubo e tráfico de drogas.

Ao serem presos, os suspeitos contaram que o comparsa que estava no carro e conseguiu fugir após atirar contra as equipes é Eduardo Lima dos Santos, irmão de Bruno, e que mora em um prédio no Setor Santa Luzia. Ao realizarem buscas na casa de Bruno, as equipes de Rotam encontraram quatro munições de pistola calibre Ponto 40 e três toucas ninja que, confessaram os dois presos, eram usadas para a prática de crimes.

Dentro do i30, que era roubado, os policiais encontraram uma TV de tela plana que havia sido levada de uma residência na noite anterior. “Temos certeza de que outras vítimas aparecerão, já que estes três só viviam da prática de crimes. Quanto ao irmão de um deles que fugiu, já temos todos os dados, e capturá-lo será questão de pouco tempo”, relatou o comandante da Rotam, tenente coronel Newton Castilho.