Debate

Ronaldo Caiado é alvo durante debate da TV Sucesso/Rede Record

As respostas genéricas, a rejeição entre mulheres e as origens aristocráticas do senador foram exploradas pelos adversários de Caiado.


Altemar Santos
Do Mais Goiás | Em: 15/09/2018 às 18:32:56

Daniel Vilela e Ronaldo Caiado (Foto: Divulgação)
Daniel Vilela e Ronaldo Caiado (Foto: Divulgação)

O senador Ronaldo Caiado (DEM) foi o principal alvo do embate político entre os candidatos da disputa para o Governo de Goiás no debate promovido em Rio Verde neste sábado pela TV Sucesso/Rede Record em parceria com Associação Comercial e Industrial (Acirv) do município.

Na críticas sofridas pelo demista, o governador Zé Eliton (PSDB) se destacou na confrontação das contradições e na apresentação de propostas, que teve ainda a participação de Daniel Vilela (MDB), Kátia Maria (PT) e Weslei Garcia (PSOL). As respostas genéricas, a rejeição entre mulheres e as origens aristocráticas do senador foram exploradas pelos adversários de Caiado.

Weslei Garcia (Psol) disse que quer saber quem são os candidatos a presidente apoiados pelos seus adversários. O senador Ronaldo Caiado (DEM) é o único que continua em cima do muro. Weslei desmascarou Caiado e disse: “O senhor recebeu recursos da Odebrecht para suas campanhas”. Caiado foge das respostas e repete o mantra de que tem autoridade moral para combater a corrupção.

A “doação” de recursos da Odebrecht para Caiado na eleição de 2014 também virou pauta do debate entre candidatos a governador promovido pela rede Sucesso de rádios direto da Sudoexpo, em Rio Verde. O candidato Weslei Garcia (Psol) afirmou que Caiado não tem moral para falar de combate à corrupção.

“Você ganhou dinheiro Odebrecht em 2014, tem alinhamento com vários candidatos denunciados por corrupção. O seu candidato a senador, Jorge Kajuru, apontou dúvidas sobre a sua honestidade. Então não tem autoridade moral para falar de combate à corrupção”. Minutos antes, o governador Zé Eliton (PSDB) já havia dito que Caiado recebeu dinheiro da Odebrecht para suas campanhas.

No terceiro bloco do debate, o candidato do MDB, Daniel Vilela, também partiu para cima do senador do DEM: “diz que a fila andou, mas esteve 16 anos no governo atual”, disse. O emedebista criticou o discurso de ocasião do senador Ronaldo Caiado (DEM), que agora ataca o governo depois de fazer parte dele por 16 anos. “O senhor disse muito bem que a fila andou, mas esteve no governo por 16 anos surdo, mudo e cego. Só agora que o barco está afundando é que resolveu pular dele”

O deputado Daniel Vilela (MDB) afirmou, em seguida, que a arrogância e o salto alto levarão o senador Ronaldo Caiado (DEM) à derrota na eleição de outubro. “Cuidado com o salto alto. O senhor já perdeu eleição por causa da sua arrogância e vai perder de novo. Os goianos, inteligentes como são, vão mostrar que não é o senhor o que eles querem no governo no ano que vem”.

Zé também foi para cima o senador Caiado ao questioná-lo sobre políticas de desenvolvimento regional. Depois de Caiado dizer que vai trabalhar para a interiorização do crescimento, mas não explicar como, Eliton afirmou: “vocês viram aqui que as respostas de Caiado são só tergiversação, enrolação e embromação. Nós fizemos o Goiás na Frente para incentivar o desenvolvimento regional. Ele, nada”.