NEM VIRTUAL

Romaria do Muquém é cancelada a pedido do Ministério Público

Evento aconteceria de forma virtual entre os dias 5 e 15 de agosto. Para o órgão, celebração pode estimular os fiéis a peregrinar até o santuário


Artur Dias
Do Mais Goiás | Em: 05/07/2020 às 17:41:30

(Foto: Euclides de Oliveira)
(Foto: Euclides de Oliveira)

A Romaria do Muquém, tradicional há mais de 270 anos, foi cancelada em 2020. O evento aconteceria em Niquelândia entre os dias 5 e 15 de agosto de forma virtual, mas o reitor do Santuário Diocesano Nossa Senhora D’Abadia de Muquém, padre Aldemir Franzin, confirmou o cancelamento nesta sexta-feira (3)

A decisão foi tomada depois de uma reunião entre o reitor e o Ministério Público de Goiás (MP-GO). De acordo com o órgão, “o momento é de muita cautela, considerando que o número de casos confirmados de Covid-19 no município de Niquelândia”.

O MP-GO ressaltou ainda que a taxa de ocupação dos leitos oferecidos para pacientes com Covid-19 está em níveis elevados, o que pode sobrecarregar o sistema de saúde. “Tais celebrações, ainda que realizadas por meio virtual, podem estimular a grande massa de fiéis a peregrinar até o santuário”,

Após a reunião e o acerto, o padre Aldemir se comprometeu a dar ampla divulgação ao cancelamento da Romaria. O MP-GO, por outro lado, publicou uma recomendação para o prefeito de Niquelândia, Fernando Carneiro (PSD), com o objetivo de implementar medidas para inibir aglomerações na cidade.