JÁ RECEBEU

Rita Cadillac pede auxílio emergencial de R$ 600 para pagar contas

Ex-chacrete afirma que dinheiro chegou em boa hora e serviu para pagar luz, telefone e mais


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 21/05/2020 às 16:41:46

Ex-chacrete Rita Cadillac (Foto: Divulgação)
Ex-chacrete Rita Cadillac (Foto: Divulgação)

Não está fácil pra ninguém. Em entrevista à TV Record, a atriz e dançarina Rita Cadillac, 65, disse que requereu o auxílio emergencial de R$ 600, do governo federal, para pagar contas de casa

A informação foi dada em entrevista ao quadro A Hora da Venenosa, no Balanço Geral. A ex-chacrete afirma que já recebeu o auxílio e que ele “veio em boa hora”.

“Pedi o auxílio sim. Como cidadã, pedi sim e, graças a Deus, veio em muito boa hora, porque ajudou a pagar a luz, a pagar telefone, a pagar tudo.” Segundo ela, como cidadã, tinha o direito – tanto que conseguiu. ““Pedi o auxílio sim. Como cidadã, pedi sim e, graças a Deus, veio em muito boa hora, porque ajudou a pagar a luz, a pagar telefone, a pagar tudo”, revelou.

Segundo Rita, alguns amigos dela morreram pela doença. Além disso, um de seus sobrinhos está internado, diagnosticado com a Covid-19.

Briga com Eduardo Bolsonaro

Na ocasião, Rita Cadillac também aproveitou para comentar uma polêmica com o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). No fim do ano passado, ele citou a atriz em uma discussão com o também parlamentar Alexandre Frota (PSDB), ao falar de filmes pornô – que o tucano também fez.

“Então senhor excelentíssimo Eduardo Bolsonaro, o senhor citou meu nome na CPI da fake news e eu me senti muito humilhada. O senhor me citou dizendo que eu gosto de filmes e eu não gosto e nem gostei de fazer filme nenhum desse cunho que o senhor falou”, disse ela no quadro do programa da Record.

Além disso, ela afirmou que fez porque precisava de dinheiro, pois tinha um filho, e não se envergonha. “Só estou aqui falando, porque eu acho que se eu ficar quieta, vai falar que eu não estou nem aí e eu estou sim, eu gosto de respeito, eu sou uma mulher e é só isso que eu quero.”