Do Mais Goiás

Rihanna é eleita por Harvard a Humanitária do Ano

Universidade reconheceu ações de caridade da cantora, como um Programa de Bolsa de Estudos e um Centro para diagnosticar e tratar câncer de mama

Mais um prêmio para a Rihanna! Depois de quebrar um recorde na Billboard, a popstar de Barbados foi eleita pela Universidade Harvard como a Humanitária do Ano. Segundo um anúncio no site da instituição, ela foi reconhecida pelas suas ações de caridade, como a construção de um centro de medicina nuclear para diagnosticar e tratar câncer de mama em sua terra natal.

Além disso, eles também citam a criação do Programa de Bolsas de Estudo da Fundação Clara e Lionel, focado em estudantes de países caribenhos que frequentam faculdades nos Estados Unidos. “Ela também apoia a Parceria Global para a Educação e Projeto Cidadão Global, uma campanha plurianual que dará acesso à educação para crianças em mais de 60 países em desenvolvimento, priorizando meninas e pessoas afetadas pela falta de acesso à educação no mundo de hoje”, lê-se no site.

Rihanna estará no campus de Harvard para aceitar o Prêmio Humanitário Peter J. Gomes na terça-feira (28).