Replantio

Responsáveis por acidentes, jamelão tem dias contados em Goiânia

Jamelões são responsáveis por acidentes de trânsito devido à liberação de óleo. Comurg, engenheiros e biólogos da Amma são responsáveis pela substituição dessas árvores


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 12/07/2019 às 12:34:57

Trabalho realizado na Avenida Fued Sebba, no Jardim Goiás (Foto: divulgação/Prefeitura)
Trabalho realizado na Avenida Fued Sebba, no Jardim Goiás (Foto: divulgação/Prefeitura)

No próximo dia 20 de julho, a Prefeitura de Goiânia fará o corte de pés de Jamelão, na Avenida Gercina Borges, Setor Vera Cruz. A ação será semelhante a feita no Jardim Goiás, nessa semana, quando 42 árvores condenadas foram cortadas. No lugar delas serão plantadas espécies consideradas adequadas ao paisagismo urbano, como Ipês.

Os jamelões são responsáveis por acidentes de trânsito devido à liberação do óleo produzido pelas suas frutas. Comurg, engenheiros e biólogos da Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma) são responsáveis pela substituição dessas árvores. A ação começou na Avenida Fued José Sebba, no Jardim Goiás, e será expandida para outros setores.

Levantamento da Comurg aponta que na capital há 54 vias com a pés de Jamelão. Aproximadamente 13 mil árvores foram plantadas há mais de 20 anos em locais como Jardim Guanabara, Jardim Presidente, Jardim Planalto, Cidade Jardim, Jardim Novo Mundo, Parque Amazônia, Jardim Atlântico, Vila Pedroso, Jardim Curitiba e Jardim Liberdade dentre outros.

A substituição ocorrerá, de acordo com a Camurg, respeitando a necessidade de fazer o plantio de outras espécies nos locais. Mais de 20 tipos foram selecionadas e estão nos viveiros municipais aguardando o início das chuvas para serem plantadas, respeitando as características de cada região.