Impeachment

Renan: Um dia a história nos julgará e nossa única certeza será de que não nos omitimos

Renan fez há pouco um discurso emotivo sobre o papel da Casa no processo de impeachment


Estadao Conteúdo
Estadao Conteúdo
Do Estadao Conteúdo | Em: 31/08/2016 às 13:21:48


O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), fez há pouco um discurso emotivo sobre o papel da Casa no processo de impeachment. Ele afirmou que os senadores podem ter cometido erros, mas a beleza da democracia é que ela se corrige continuamente. “Um dia a história nos julgará e nossa única certeza será de que não nos omitimos”, comentou.

“A democracia não é o melhor regime porque é infalível, mas porque corrige suas próprias imperfeições, sob o mando soberano do povo”, afirmou. “Temos de enfrentar premissas. Podemos estar cometendo erros? Sim, mas a grande e insofismável verdade, eis a grandeza da democracia, é que se errarmos, a democracia se corrigirá e povo nos corrigirá. A democracia é falha porque é humana, mas sublime porque se aceita imperfeita e admite se corrigir continuamente”.

Renan parabenizou os senadores e disse que eles praticaram a democracia com o que a política tem de mais elevado. Mesmo assim, o presidente do Senado pediu desculpas ao País por qualquer atitude mais contundente e passional. “Vossas excelências praticaram a política no mais alto nível, à luz do dia, no calor do debate, do confronto de ideias”. O senador afirmou que os parlamentares demonstraram para a nação o que a política brasileira tem “de mais elevado”. (Igor Gadelha, Rachel Gamarski, Elizabeth Lopes e Álvaro Campos)