Cidades

Reforma Administrativa estadual pode extinguir Superintendência de Juventude do governo

Se aprovado, Projeto de Lei pode também remover Conselho de Juventude. Em nota enviada ao Mais Goiás, Segplan nega a extinção dos órgãos


Thaynara Cunha

Do Mais Goiás | Em: 23/01/2019 às 15:05:10


Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Projeto de Lei que propõe reforma administrativa estadual pode extinguir representação de Juventude do Governo estadual. Segundo a presidente do Conselho de Juventude em Goiânia, Claudia Herlaine, matéria proposta por governadoria não menciona o Conselho de Juventude e a Superintendência de Juventude, esta última responsável por gerir o Passe Livre Estudantil.

O projeto definirá o novo formato do primeiro e segundo escalão do governo de Ronaldo Caiado (DEM). De acordo com o governador, o texto prevê um corte de 20% nos gastos com cargos de servidores estaduais.

“Nossa preocupação é a não existência da juventude na administração pública estadual. Ela [juventude] não terá nenhum espaço caso ocorra a extinção [da pasta]. Nós perderemos nosso espaço de fala e não teremos órgão ou autoridade que pensa em políticas públicas para nós, estudantes”, declara a presidente do Conselho.

Claudia conta que eles foram pegos de surpresa, mas o Movimento Estudantil já desenvolveu uma emenda que será apresentada na Comissão Mista com voto separado. A proposta será votada na tarde desta quarta-feira (23) a partir das 14h. Conforme a presidente da União Estadual dos Estudantes Goiás (UEE-GO), Daniella Cruz, quatro deputados já confirmaram que votarão a favor da emenda: Delegada Adriana Accorsi (PT), Isaura Lemos (PC do B), Lêda Borges (PSDB) e Major Araújo(PRP).

“Nossa expectativa é de que os deputados se sensibilizem com a causa. Esperamos que eles garantam que a juventude tenha um espaço de fala dentro do estado. Caso nossa emenda não seja aprovada, não vamos aceitar isso calados! Nós vamos pra rua! Não vamos aceitar isso de braços cruzados”, declara.

Em nota, a Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento (Segplan) disse que os órgãos não serão extintos e vão integrar a estrutura da Secretaria de Desenvolvimento Social.

*Thaynara Cunha é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Thaís Lobo