Do Mais Goiás

Reféns são usados como escudo humano em carro durante fuga, em Santa Catarina

O grupo roubou duas agências bancárias da região e dois dos reféns ficaram feridos

Criminosos colocam reféns como escudo humano em carro durante fuga, em Santa Catarina
Segundo a Polícia Militar, os criminosos fizeram disparos com intuito de assustar os moradores da cidade

Pelo menos seis reféns foram usados como escudo humano em cima de uma caminhonete, na manhã desta quarta-feira (4). O caso aconteceu em Vidal Ramos, no Vale do Itajaí, em Santa Catarina. Os suspeitos roubaram duas agências bancárias e nenhum havia sido preso, até o momento de publicação desta matéria.

Segundo a Polícia Militar de SC, os criminosos fizeram disparos com intuito de assustar os moradores da cidade. Eles também fizeram um escudo humano na frente do banco e da cooperativa de crédito. Na fuga, o grupo utilizou uma caminhonete preta e colocou os reféns em cima do veículo. Duas pessoas foram colocadas deitadas de bruços no capô, uma na lateral esquerda e outras três na caçamba. Ainda de acordo com a polícia, outros dois veículos participaram da ação.

Além disso, enquanto fugiam, os suspeitos teriam colocado fogo em um caminhão para impedir a passagem de viaturas.

Feridos

Dois homens se feriram. Um deles é gerente de uma das agências e levou um tiro no pé. Já o outro era um segurança e sofreu ferimentos mais graves. Segundo a Delegacia de Polícia de Ituporanga, os reféns foram liberados e a os agentes estavam em busca dos suspeitos.

*Com informações dos sites G1 Santa Catarina e Gazeta Web