Sem alteração

Redução do horário de expediente da prefeitura não deve afetar obras do Puama

O prazo contratual para conclusão do primeiro trecho licitado é setembro de 2016




O novo horário de expediente da Prefeitura de Goiânia não vai alterar o cronograma de obras importantes, como do Programa Urbano Ambiental Macambira Anicuns (Puama). Pelo menos é o que garante a administração municipal, que a partir da próxima segunda-feira (16/11) vai funcionar das 7h às 13h.

“Devido ao comprometimento dos trabalhadores, as metas estabelecidas serão cumpridas à risca conforme planejado, não comprometendo o desempenho das atividades, o andamento ou a qualidade do trabalho que vem sendo executado”, afirma a assessoria da prefeitura. O prazo contratual para conclusão do primeiro trecho licitado é setembro de 2016.

A administração municipal atesta que os especialistas que integram o Puama estarão alerta às demandas que surgirem e que exigirem atendimento no contraturno das atividades podendo, inclusive, usar o escritório do canteiro de obras para atender às urgências e necessidades do programa. As equipes devem continuar prestando atendimento às famílias que moram na área de abrangência do programa tanto no esclarecimento de dúvidas quanto na instrução dos processos de desapropriação.

A equipe de Supervisão de Obras, por sua vez, continuará trabalhando em período integral para honrar o compromisso assumido pela Prefeitura de Goiânia junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), instituição financiadora das obras, e à própria população. O grupo atua no acompanhamento e na fiscalização do andamento das obras e realiza suas atividades no escritório instalado junto ao canteiro de obras.

Para atender todas as pessoas que quiserem se inteirar e esclarecer dúvidas sobre o Puama, foi instalado no local um contêiner denominado “Escritório Comunitário de Apoio” no canteiro de obras

Economia

Visando à redução dos custos da Prefeitura de Goiânia neste período de crise, a administração municipal implementa a partir da próxima segunda-feira (16/11) novos horários de expediente para seus funcionários. Agora, os servidores trabalharão seis horas por dia: das 7h às 13h.

Apesar da redução na carga horária, os salários não sofrerão alterações. A ideia da prefeitura é economizar em gastos como de consumo de energia elétrica, água e combustível.

Algumas pastas, consideradas essenciais para a população, serão exceção. São elas: Educação, Saúde e Assistência Social. Outros secretários podem procurar o Secretário de Administração para que possa ter uma revisão caso tenha algum serviço que não pode parar. Exemplo, a Secretaria Municipal de Trânsito (SMT), que tem fiscalização urbana”, explicou o secretário de Finanças, Jeovalter Correia.