Transição

Recursos da Celg não serão pulverizados, diz José Eliton

“Vamos criar processo estruturante que dará grande salto de qualidade no desenvolvimento do estado”, afirma vice-governador




“Vamos trabalhar para garantir que os recursos oriundos da venda da Celg não sejam pulverizados como no passado, quando venderam Cachoeira Dourada”, disse o vice-governador José Eliton durante a solenidade de diplomação de prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e suplentes eleitos de Posse e Guarani de Goiás, no nordeste goiano, na noite de segunda-feira (5).

Ao lado do governador Marconi Perillo, José Eliton é o responsável pela aplicação de recursos e definição de convênios com municípios tendo em vista os investimentos oriundos do leilão da Celg, cerca de R$ 1 bilhão. Durante a cerimônia, ocorrida no Teatro Municipal de Posse, o vice-governador afirmou, ainda, que toda a estratégia de aplicação dos recursos, que incluem também a arrecadação do Detran GO e valores obtidos de repatriação, será previamente discutida com a sociedade, entidades de classe e instituições, a exemplo do Ministério Público Estadual. “Vamos criar um processo estruturante que dará grande salto de qualidade no desenvolvimento do estado”, afirma.

Em Posse, o vice-governador relatou que mesmo diante do cenário de crise que assola outros estados, Goiás segue o caminho do crescimento, do desenvolvimento. Ele afirmou que, diferentemente de outras Unidades da Federação, Goiás se preparou para enfrentar a instabilidade econômica. “Obras continuam a ser entregues, benefícios chegam em todos os cantos do Estado, e servidores recebem em dia”, disse ao lembrar do ajuste fiscal promovido pelo governador Marconi Perillo em 2014.

“É possível avançar na dificuldade”, atesta José Eliton, ao falar aos eleitos sobre as perspectivas para o ano de 2017. O vice-governador afirma, também, que este é um momento importante que encerra a condução do processo eleitoral, que expressa o desejo da maioria da população, essência do estado democrático de direito. “São valores e avaliação manifestos por meio do voto, que significam o veredito do povo acerca da aprovação das propostas apresentadas”, disse. “É hora de restabelecer as bases do novo mandato. E cabe a todos os prefeitos o seu papel transformador, de garantir o fortalecimento da democracia brasileira e zelar pelos objetivos comuns da população”, conclui Eliton.  

Eleitos

Os eleitos de Posse, cidade do vice-governador José Eliton, são o prefeito Wilton Barbosa, do PSDB, vice-prefeito, Minguito, que é do PP e 13 vereadores. Ao todo, a base conta  com apoio de 17 partidos. Guarani de Goiás reelegeu o prefeito Volnei José Momoli, também do PSDB, o vice, Toquinho, além de nove vereadores.

A diplomação é o ato pelo qual a Justiça Eleitoral atesta que o candidato foi efetivamente eleito pelo voto e, por isso, está apto a tomar posse no cargo. Na ocasião, ocorre a entrega dos diplomas, expedido pelas juntas eleitorais desses municípios depois de terminado o pleito, apurados os votos e passados os prazos de questionamento e de processamento do resultado das eleições.

Em todo o estado, os juízes eleitorais devem proceder, até o dia 19/12/2016, de acordo com o calendário eleitoral, a entrega dos diplomas aos eleitos em 2016, nos respectivos municípios. Em Goiânia, a 1ª Zona Eleitoral, sob a jurisdição do juiz Carlos Magno Rocha da Silva, está encarregada de realizar a sessão solene de diplomação, que ocorrerá no próximo dia 16, ocasião em que serão diplomados os 35 vereadores eleitos, bem como 39 suplentes, o prefeito e o vice-prefeito da capital.