FolhaPress

Rainha diz que acusações de racismo feitas por Harry e Meghan serão levadas a sério

Realeza britânica se manifesta sobre entrevista concedida pelo casal e diz que eles são 'membros amados da família'

Rainha Elizabeth olha o filho de Meghan Markle com o príncipe Harry (Foto: Divulgação)
Rainha Elizabeth olha o filho de Meghan Markle com o príncipe Harry (Foto: Divulgação)

A rainha Elizabeth 2ª se manifestou, nesta terça-feira (9), a respeito das afirmações feitas por um de seus netos, o príncipe Harry, e por sua esposa, a atriz americana Meghan Markle, e disse que as acusações de racismo tornadas públicas pelo casal serão “levadas muito a sério”.

Apesar de toda a repercussão da entrevista concedida por Harry e Meghan à apresentadora Oprah Winfrey na noite de domingo (7), a realeza britânica ainda não havia se pronunciado abertamente sobre o caso. A rainha então quebrou o silêncio por meio de um comunicado divulgado pelo Palácio de Buckingham.

“A família inteira fica triste ao saber como os últimos anos foram desafiadores para Harry e Meghan”, diz a declaração. “As questões levantadas, particularmente as [que tratam] de raça, são preocupantes.”

Durante a entrevista exibida na TV americana, Meghan afirma que havia um receio entre membros da realeza sobre a cor da pele do primeiro filho do casal, Archie, nascido em 2019. “Embora algumas lembranças possam variar, elas são levadas muito a sério e serão tratadas pela família em particular”, continua o comunicado. “Harry, Meghan e Archie sempre serão membros muitos amados da família.”

O príncipe e a atriz não citaram nomes, mas a duquesa —título que Meghan recebeu ao se casar com Harry— afirmou ter uma “suposição bastante segura” que, para os envolvidos, a possibilidade de o primeiro filho do casal ter a pele mais escura era um problema. Nesta segunda, Oprah já havia descartado o envolvimento da rainha e de seu marido, o príncipe Philip, nas acusações de racismo.

“Ele [Harry] não compartilhou a identidade comigo, mas queria ter certeza de que eu sabia, se eu tivesse a oportunidade de compartilhar, que nem sua avó nem seu avô fizeram parte dessas conversas”, disse a ela à emissora CBS, acrescentando que insistiu, fora das gravações, em saber quem teria se envolvido no assunto.