Fogo na rede

Queimadas prejudicam fornecimento de energia elétrica

De acordo com a Enel, cidades mais afetadas são Jataí, Santa Helena, Rio Verde, Quirinópolis, Morrinhos, Goiatuba e Cachoeira Alta


Artur Dias
Do Mais Goiás | Em: 23/09/2019 às 16:50:02

(Foto: Divulgação / Enel)
(Foto: Divulgação / Enel)

As queimadas que têm atingido todo o Estado de Goiás durante o período de estiagem também têm prejudicado o fornecimento de energia elétrica. Durante a primeira quinzena de setembro, 1.220 ocorrências causadas por incêndios prejudicaram o atendimento de diversas cidades, de acordo com a Enel.

Os municípios mais atingidos por essas ocorrências foram Jataí, Santa Helena, Rio Verde, Quirinópolis, Morrinhos, Goiatuba e Cachoeira Alta. Ainda de acordo com a empresa, esses números mostram um aumento de 68% casos desse tipo com relação a todo o mês de agosto.

A Enel informou que realiza o monitoramento dos focos de incêndio próximos às redes elétricas. A empresa ressalta, também, que realiza ações preventivas como a limpeza de faixas de servidão, com a poda de árvores e arbustos e remoção da vegetação ao redor dos postes. Entretanto, a principal medida continua sendo não provocar incêndios próximos à rede elétrica.

Mais queimadas em 2019

O número de queimadas em todo o estado disparou, de acordo com o Corpo de Bombeiros. Até agosto deste ano, as ocorrências atendidas pela corporação são 9,5% a mais do que em todo o ano de 2018.

Durante o mês passado houve um aumento de incêndios de 76,6% com relação ao mesmo período de 2018, com 2.226 contra 1.260. Em culturas agrícolas foi de 79,2%, com 95 ocorrências em 2019 contra 53 em 2018. Já em vegetação foram de 1.207 no ano passado para 2.131 este ano, um aumento de 76,5%.