Rock in Rio

Queen volta ao Rock in Rio 30 anos depois com homenagem a Freddie Mercury

O show abriu com "One Vision", seguida por "Stone Cold Crazy", dois clássicos de uma longa lista de 25 temas executados em uma apresentação que durou mais de duas horas





//

O grupo britânico Queen voltou a se apresentar no Rock in Rio na noite desta sexta-feira após 30 anos de seu primeiro e histórico show no festival com uma homenagem ao vocalista Freddie Mercury, que morreu em 1991, e hoje foi substituído pelo norte-americano Adam Lambert.

A apresentação na noite de abertura do Rock in Rio em 1985 continua sendo uma das mais lembradas e comentadas nesses 30 anos de história do festival e hoje inspirou cada acorde de Brian May e Roger Taylor.

Adam Lambert, que em janeiro de 1985 ainda não tinha completado dois anos de idade e ficou famoso após participar do programa televisivo “American Idol”, nos Estados Unidos, hoje esteve à altura das expectativas e encantou o público que lotou a Cidade do Rock, sendo fiel a seu estilo e sem tentar copiar a suavidade da voz de Freddie Mercury, mas mantendo o visual extravagante do falecido cantor.

O show abriu com “One Vision”, seguida por “Stone Cold Crazy”, dois clássicos de uma longa lista de 25 temas executados em uma apresentação que durou mais de duas horas e fez um repasse por toda a história do grupo.

O momento mais emotivo da noite foi quando o guitarrista Brian May se posicionou sozinho no centro do palco e pediu ao público, falando em português, que o acompanhasse e cantasse, “por Freddie”, a balada “Love of my Life”, precisamente a música mais lembrada daquela apresentação em 1985.

Naquele show, a força de Freddie Mercury cativou o público brasileiro, que não estava acostumado com esse tipo de apresentações já que, até aquele ano, o país estava fora do circuito dos grandes festivais de música devido à ditadura militar.

A banda deixou suas canções mais famosas para o final, primeiro com “Bohemian Rapsody”, para seguir com “We Will Rock You” e “We are the Champions”, fechando uma noite espetacular com a mesma música que encerrou a apresentação há 30 anos.

Veja abaixo o show na íntegra: