POLÍCIA

Quadrilha que aliciava menores para assaltos é detida

Polícia acredita que bando é responsável por série de assaltos a comércio e pessoas, na região de Campinas e Dergo: grupo era composto por criminosos que aliciavam menores para assumir culpa dos assaltos


Jairo Menezes
Do Mais Goiás | Em: 07/03/2018 às 18:53:18

Câmeras de segurança flagram ação criminosa (Imagem: reprodução)
Câmeras de segurança flagram ação criminosa (Imagem: reprodução)

A Polícia Militar (PM) chegou ao trio responsável por uma série de assaltos na região do Setor Rodoviário, em Goiânia. O bando de criminosos é responsável por um assalto que o Mais Goiás mostrou em primeira mão no último domingo (4). Os criminosos, segundo o Comandante de Policiamento da Capital coronel Ricardo Mendes, aliciavam menores para a associação criminosa. A intenção era fazer com que os menores assumam sempre a responsabilidade dos fatos, para livrar os comparsas.

 

Policiais do Grupamento de Radiopatrulha Aérea (Graer) chegaram a Hyago Magalhães, de 18 anos, Eduardo Henrique Oliveira Araújo, 19, e um menor; ambos com as mesmas roupas usadas no assalto. Todos confessaram que no domingo passado (4), assaltaram um motorista de aplicativo no fim da madrugada. Em seguida o trio foi ao posto, localizado no cruzamento da Avenida Castelo Branco com Pio XII, no Setor Rodoviário.

As imagens de monitoramento mostram quando o carro para em frente da bomba. Um dos ocupantes desce do carro, assalta o frentista e leva dele R$ 238 que estava no bolso do funcionário. Ele segue para a loja de conveniência e subtrai mais R$ 330 do caixa do estabelecimento. Com a arma na mão e xingando, o criminoso deixa o estabelecimento.

FRAGILIDADE
Comandante de Policiamento da Capital, coronel Ricardo Mendes reconhece ter havido uma falha no atendimento. “O posto estava a 500 metros do prédio da Secretaria de Segurança Pública (SSP) e ainda assim houve uma demora no atendimento. Mas o nosso comando está aqui para corrigir esse tipo de questões e a resposta mais clara é prender os responsáveis pelo caso.”

(Divulgação: PM)

A audiência de custódia da dupla está marcada para a quinta-feira (8), na 7ª Vara Criminal do Fórum Desembargador Fenelon Teodoro Reis, no Jardim Goiás. A justiça vai definir se eles têm ou não a prisão convertida em preventiva. Os dois têm passagens por tráfico, furto, roubo e associação para o crime. O menor aguarda audiência na carceragem da Delegacia de Apuração de Atos Infracionais (Depai).