Samuel straioto
Do Mais Goiás

PSDB adota alternativas para manter foco das eleições

Pré-candidato à prefeitura, Talles Barreto afirma que ações de pré-campanha continuam durante a pandemia

As eleições de 2020 continuam previstas para o mês de outubro. Ainda não há definição sobre adiamento do pleito em razão da pandemia do coronavírus. Enquanto isso, o PSDB tem buscado alternativas para manter o foco para a disputa. O partido tem procurado se reunir com pré-candidatos a vereador, bem como se dedica à criação do plano de governo com foco no Paço Municipal.

O pré-candidato do PSDB a prefeito de Goiânia, deputado estadual Talles Barreto, explicou que o partido tem feito reuniões presenciais com os pré-candidatos. O objetivo é de trazer orientações do processo eleitoral. Talles explicou que as reuniões têm sido com grupos de 15 pessoas, mantendo o distanciamento entre elas e ainda seguindo outras recomendações das autoridades sanitárias.

“Nós estamos fazendo reuniões com grupos de 15 candidatos, de 15 em 15 nós vamos conversando. Os pré-candidatos vão sentar comigo, com o Jânio Darrot (presidente estadual) e com o Eurípedes Jerônimo (presidente municipal). As etapas estão sendo cumpridas. Os encontros são presenciais, seguindo as determinações das autoridades sanitárias, com máscaras para que tudo ocorra com a segurança” explicou.

Talles Barreto destacou que mesmo com a hipótese de que a eleição seja adiada para novembro, com segundo turno em dezembro, como tem sido cogitado, o partido não trabalha com a possibilidade de adiamento e vem fazer as ações.

Ele relata que o “PSDB está focado nos seus objetivos”. Talles espera que o partido consiga eleger pelo menos quatro vereadores em Goiânia, além de chegar em condições de competitividade para o pleito.

O parlamentar argumenta que outra área de atenção da legenda é a formação de coligação para a chapa majoritária. Talles Barreto relatou que o PSDB tem verificado hipóteses de alianças.

“Nós estamos atuando com as eleições acontecendo em 4 de outubro. Não estamos trabalhando com outra hipótese, sabendo da possibilidade de adiamento. Nós estamos focando em cima dos nossos objetivos. Estamos verificando possibilidades de coligações, não paramos, estamos trabalhando.”, declarou.

Debate

O pré-candidato fez críticas à administração municipal quanto a condução da crise do novo coronavírus.  Talles Barreto criticou que a suspensão dos contratos temporários ao passo em que as obras foram mantidas.

“Nós ficamos tristes com a postura da prefeitura, que manteve as obras e sacrificou as pessoas. A gente até concorda com cortes de gratificação, mas suspender 3,1 mil contratos temporários não, isso foi muito ruim. A gente tem críticas em relação às obras, muito próximas ao processo eleitoral”, disse.